Busca pelo equilíbrio financeiro é indispensável, afirma Knobel

nov 2 • Cidade, Educação, NotíciasNenhum comentário em Busca pelo equilíbrio financeiro é indispensável, afirma Knobel

Segundo reitor, medidas adotadas para conter gastos objetivam assegurar o futuro da Unicamp e de seus trabalhadores

As medidas de contenção de despesas aprovadas no último dia 3 de outubro pelo Conselho Universitário (Consu), órgão máximo deliberativo da Unicamp, são austeras, mas indispensáveis para enfrentar o atual momento de crise financeira vivido pela instituição. A afirmação é do reitor Marcelo Knobel, ao analisar a decisão do Sindicato dos Trabalhadores da Unicamp (STU) de pleitear a revogação de duas resoluções admitidas pelo Consu, que tratam do corte linear de 30% das gratificações não incorporadas pagas a docentes, pesquisadores e funcionários e da submissão à análise do Conselho das iniciativas que acarretem aumento de gastos para a Unicamp.

De acordo com Knobel, por mais impopulares que algumas das resoluções sejam, elas são importantes para buscar o equilíbrio orçamentário da Universidade, fortemente afetado por decisões da gestão anterior e pela baixa atividade econômica do Brasil. A instituição, observa o reitor, há alguns anos tem recorrido às suas reservas estratégicas para manter as atividades e saldar os compromissos. “Nós estamos complementando o orçamento em cerca de 15% ao mês. Ocorre que essas reservas são finitas, o que nos obriga a tomarmos decisões que implicam no corte de despesas”, explica.

O reitor Marcelo Knobel: “Estamos trabalhando de forma determinada para assegurar a sustentabilidade financeira da Unicamp (Foto: Antoninho Perri)

As medidas aprovadas pelo Consu, lembra o dirigente, não são isoladas. A Universidade vem tem adotado outras ações com o objetivo de reduzir despesas, como a renegociação de contratos firmados com fornecedores e prestadores de serviços. “Estamos trabalhando de forma determinada e transparente para assegurar a sustentabilidade financeira da Unicamp. Reconhecemos que algumas decisões são duras e afetam a vida das pessoas, mas elas são indispensáveis para evitarmos uma situação ainda pior, na qual o pagamento dos salários e do 13º salário dos servidores docentes e não docentes poderia ficar comprometido”, adverte Knobel.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »