Cadastro para o IPTU Digital está aberto em Campinas

set 4 • Cidade, ServiçoNenhum comentário em Cadastro para o IPTU Digital está aberto em Campinas

Os contribuintes de Campinas terão, a partir do próximo ano, a opção de receber o carnê de IPTU – Imposto Predial Territorial Urbano – na forma digital – IPTU Digital. A partir de 2018, contribuintes terão a opção de receber o imposto na versão digital. Cadastro deve ser feito no portal da Prefeitura.Para tanto, é preciso fazer o cadastro que está aberto endereço www.campinas.sp.gov.br/iptudigital .

Para aderir, o contribuinte precisa estar com todos os dados cadastrais atualizados; no caso de pessoa física, ter cadastro e acesso ao Portal do Cidadão e Ambiente Exclusivo; para pessoa jurídica, o contribuinte tem que estar inscrito para emissão da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFSe).

Além da vantagem de visualizar e imprimir as guias ou fazer o pagamento pela internet utilizando os códigos de barras disponibilizados, os contribuintes que optarem pela forma digital do carnê serão beneficiados com mais 1% (um por cento) de desconto para o pagamento à vista, limitado ao valor de R$ 100,00.

Segundo o secretário de Finanças, Tarcísio Cintra, o IPTU Digital é mais uma medida de modernização implementada pela Prefeitura. “Hoje, muitos contribuintes utilizam a internet para fazer seus pagamentos. Com o IPTU Digital, o acesso ao boleto será mais fácil, em qualquer computador que tenha acesso à internet”, disse.

Além disso, segundo Cintra, é uma forma de atualizar o cadastro do município. “Para optar pelo IPTU Digital, os dados cadastrais do contribuinte e do imóvel têm que estar atualizados, ou seja, é uma forma de chamar o contribuinte para fazer essa atualização”, afirmou.

A solicitação de adesão ou cancelamento da adesão poderá ser feita a qualquer momento, observando que as solicitações que forem feitas entre 1º de novembro e 31 de dezembro não surtirão efeitos para o exercício seguinte.

A Prefeitura de Campinas lança, por ano, mais de 460 mil carnês de IPTU. O imposto é a segunda maior fonte de arrecadação própria do município.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »