Calouros da Puccamp plantam árvores no Parque Jambeiro

mar 15 • Cidadania, Meio AmbienteNenhum comentário em Calouros da Puccamp plantam árvores no Parque Jambeiro

Na segunda edição do Trote da Sustentabilidade calouros do curso de Biologia da Puccamp plantaram cerca de 100 mudas com identificação digital

 Um grupo de 60 alunos ingressantes no curso de biologia da PUC-Campinas participou na manhã desta quarta-feira, 15 de março, do 2º Trote da Sustentabilidade, com o plantio de 100 mudas de espécies nativas no Parque Jambeiro. A ação integra o programa de educação ambiental desenvolvido pela Secretaria Municipal do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS) e tem por objetivo conscientizar os jovens universitários sobre a importância da adoção de práticas sustentáveis para a melhoria do ambiente urbano. O plantio teve a participação da MRV Engenharia, dentro do compromisso de compensação ambiental firmado entre a construtora e a Prefeitura de Campinas.

Os calouros plantaram cerca de 100 mudas de árvores nativas, incluindo ipê roxo, cedro rosa e jequitibá rosa e ingá, em trecho de reflorestamento, que pertence a Floresta Estadual Serra D´Água, na região do Parque Jambeiro, em Campinas.

O coordenador de obras da Regional Campinas da MRV Engenharia, Fábio de Paula Lima, enalteceu o bom exemplo dado pelos calouros com o Trote da Solidariedade, com uma ação ambiental de plantio de mudas, envolvendo futuros profissionais de Biologia.

Na mesma linha, os calouros participantes da atividade, como Guilherme Henrique Pelizer Bisco, 17 anos e Carolaine Rodrigues Santos, 18 anos, aprovaram integralmente a iniciativa e acham que essa ação ambiental deve ser estendida para todos os calouros da universidade.

A recuperação ambiental no Parque Jambeiro faz parte de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado pela construtora MRV com o Ministério Público e a Prefeitura de Campinas.

Por meio do TAC estão sendo plantadas 7.510 mudas de espécies nativas em uma área de aproximadamente 70 mil m². A construtora ficará responsável pelos cuidados com o espaço por um período de dois anos.

 Identificação Digital 

As mudas a serem plantadas nessa ação ambiental farão parte do Sistema de Identificação Digital de Árvores, uma ferramenta  desenvolvida para possibilitar a consulta do histórico de das árvores existentes ou plantadas  em Campinas. O sistema consiste na utilização de um aplicativo gratuito de internet, o QR Code, por meio do qual as pessoas podem baixar, no celular ou tablet, informações sobre cada uma das árvores.

 O Sistema de Identificação Digital também conta com um portal na internet, no endereço http://ambientecampinas.wix.com/qrcode, com  informações sobre o funcionamento do sistema de compensação ambiental, os órgãos envolvidos e as vantagens do sistema.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »