Estado de São Paulo reduz todos os crimes patrimoniais em novembro

dez 24 • Cidade, NotíciasNenhum comentário em Estado de São Paulo reduz todos os crimes patrimoniais em novembro

Casos e vítimas de latrocínios, roubos e furtos em geral e de veículos diminuíram no mês, que teve recorde de produtividade policial

O Estado de São Paulo apresentou, em novembro, redução em todos os crimes contra o patrimônio. No mês, ainda houve recorde de produtividade – prisões efetuadas e flagrantes de tráficos de entorpecentes realizados.

Os latrocínios recuaram 14,29% em novembro. Na quinta queda consecutiva desse crime no ano, o total de casos passou de 28 para 24, com quatro a menos. A soma é a menor desde 2014, para o mês.

Já a quantidade de vítimas fatais de roubos baixou 10,71% no mês, de 28 para 25, poupando três vidas. O total também é o mais baixo desde 2014.

Pela oitava vez em 11 meses, os roubos em geral diminuíram no Estado. Em novembro, a queda foi de 14,97% e os registros passaram de 27.029 para 22.982, com 4.047 a menos e o patamar mais baixo desde 2013.

Os roubos de carga caíram 14,97% (de 975 para 829). Os roubos a banco reduziram 50% em novembro (de 14 para sete), alcançando a menor quantidade da série histórica para o mês, desde 2001.

Os furtos em geral também diminuíram: 3,19%. Os boletins de ocorrência caíram de 43.387 para 42.002, com 1.385 a menos. A queda de novembro é a quinta do indicador no ano e o total é o mais baixo desde 2014.

Os roubos de veículos baixaram 16,57%, passando de 6.752 para 5.633 – o menor número desde 2009, para o mês.

Já os furtos de veículo foram reduzidos em 0,02%, de 9.101 para 9.099, com dois casos a menos. A soma é a menor desde 2012, para o mês.

Pela primeira vez desde 2001, para um mês de novembro, as extorsões mediante sequestro ficaram zeradas no Estado. No 11º mês do ano passado, três casos do indicador haviam sido contabilizados.

Homicídios dolosos

Os casos de homicídio aumentaram 9,20% no último mês, passando de 261 para 285. O crescimento foi de 24 ocorrências. O número de vítimas de homicídio aumentou 3,87% – de 284 para 295, com 11 vítimas a mais.

As taxas de homicídios dolosos chegaram a 7,56 casos e 8,06 vítimas a cada 100 mil habitantes do Estado nos últimos 12 meses – de dezembro de 2016 até o mês passado. Mesmo com o aumento dos indicadores em novembro, as taxas ainda são as menores desde 2001.

Os estupros aumentaram 14,99%, passando de 914 para 1.051.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »