Professores que querem atuar no modelo integral de SP têm até dia 6 para fazer inscrição

out 30 • Cidade, EducaçãoNenhum comentário em Professores que querem atuar no modelo integral de SP têm até dia 6 para fazer inscrição

 

Cadastro de reserva é online e válido a educadores efetivos e estáveis; rede estadual mantém unidades de Fundamental e Médio com jornada estendida

A Secretaria da Educação do Estado está com processo de cadastro aberto para interessados em atuar em unidades de modelo integral em 2018. Hoje são 544 unidades. Em São Paulo, os educadores trabalham em regime de dedicação exclusiva e têm direito à gratificação de 75% sobre o salário. A inscrição é online e vai até 6 de novembro no endereço sed.educacao.sp.gov.br. Para ter acesso à plataforma, basta utilizar a senha e usuário do Portalnet e clicar no link “Sistema de Credenciamento”.

Podem participar da seleção profissionais com os seguintes critérios: servidor efetivo ou estável da Secretaria; com licenciatura plena; e na rede há pelo menos três anos. Após preencher o formulário com dados pessoais e informações sobre a experiência e formação, os candidatos são convocados para a fase de entrevistas na Diretoria Regional de Ensino. Também podem concorrer titulares de cargo de diretor e professor.

A classificação final será divulgada nos dias 19 e 20 de dezembro. Os candidatos aprovados serão chamados conforme a oferta nas 91 Diretorias de Ensino. Nas escolas de tempo integral, os professores e gestores atuam em uma mesma unidade durante todo o horário de funcionamento, totalizando 40 horas semanais.

Modelo integral paulista

O perfil adotado por São Paulo oferece aos estudantes um currículo diferenciado. Somam-se às disciplinas da Base Nacional Comum, novidades como: eletivas, aulas experimentais, projeto de vida, clube juvenil e tutoria. Também merece destaque a estrutura física (com laboratórios e refeitórios) que essas escolas mantêm e são determinantes no aprendizado dos estudantes.

Resultados do Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo) e do Saresp (Sistema de Avaliação e Rendimento Escolar do Estado de São Paulo) mostram que as escolas de Ensino Médio com jornada integral atingiram em 2016 a marca histórica de 73,4% na comparação com 2012, primeiro ano do programa na rede paulista. O índice saltou de 2,14 para 3,71.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »