Villa Paraíso abre espaço para estudo do Meio de Ciências Naturais e Educação Ambiental

out 22 • Educação, Meio AmbienteNenhum comentário em Villa Paraíso abre espaço para estudo do Meio de Ciências Naturais e Educação Ambiental

Pensando em utilizar o ambiente natural inserido em Área de Proteção Ambiental (APA), o restaurante Restaurante Vila Paraíso, localizado numa propriedade rural no Distrito de Joaquim Egídio, em Campinas (SP), lança uma proposta pedagógica de estudos relacionados a preservação ambiental.

O  Vila Educa Week é  um projeto que trata o Estudo do Meio, integralmente desenvolvido com base nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) para atender a grade curricular das instituições de ensino, orientando questões de ordem científica e cognitiva.  Um programa que visa o Estudo do Meio de Ciências Naturais e Educação Ambiental através de visitas monitoradas e pré-agendadas, desenvolvidas das segundas as sextas-feiras.

A iniciativa liderada por Paula Arnoldi, bióloga e educadora ambiental, tem por objetivo a compatibilização e vivência dos conceitos estudados em sala de aula pertencentes à disciplina de ciências naturais, bem como sua transversalidade em educação ambiental, colaborando no desenvolvimento da criticidade de cidadãos mais conscientes.

“Em função da pluralidade conceitual que o projeto apresenta, o Vila Educa Week possui flexibilidade e autonomia para ser aplicado a todos os anos letivos e grupo de pessoas interessadas nas ações pedagógicas e reflexivas proporcionadas através das obras educacionais”, explica Paula. “Nossa proposta é oferecer aos alunos uma vivência única. Trata-se de experimentar a ciência e sentir-se parte dela. É a colaboração para o desenvolvimento intelectual não linear. É aflorar os sentidos, despertar o lado cognitivo e reflexivo relacionados ao ciclo orgânico da natureza, no qual fazeos parte” acrescenta ela, responsável pelo projeto Vila Educa Week.

O Vila Educa Week terá programação em tempo integral, das 8h30 às 16h30, contemplando café da manhã e café da tarde da Padoca do Vila e o almoço no restaurante. Além de estudantes, poderão participar da experiência grupos com no mínimo 10 inscritos e máximo de 100 pessoas.

Dentre as atividades oferecidas pelo programa, destacam-se a vivência em trilha em um fragmento de Mata Atlântica, onde os participantes terão experiências científicas e sensoriais em um trajeto de aproximadamente 2 quilômetros, todo sinalizado e com ampla estrutura de segurança; Container Sensorial; Horta Orgânica, onde os participantes irão estabelecer contato com a terra e plantar sua própria sementinha; compostagem e pomar pedagógico e, por fim, os estudantes irão literalmente colocar a mão na massa, realizando uma atividade de panificação na presença do Chef da casa.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »