IPT realiza estudos em área degradada na região de Campinas

abr 5 • Cidade, Ciência & TecnologiaNenhum comentário em IPT realiza estudos em área degradada na região de Campinas


Relatório aponta soluções de engenharia e sistema de drenagem superficial integrado para área em Monte Alegre do Sul

Com o objetivo de avaliar uma área de encosta degradada e seu projeto de recuperação ambiental, uma equipe de pesquisadores e técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) realizou uma série de estudos geológico-geotécnicos no município de Monte Alegre do Sul, localizado na região administrativa de Campinas. O relatório final do trabalho foi feito por meio do Programa de Apoio Tecnológico aos Municípios (Patem).

Responsável pelos estudos e pesquisador da Seção de Investigações, Riscos e Desastres Naturais do IPT, Claudio Luiz Ridente Gomes explica que a área em questão, conhecida como cascalheira, localizada na Avenida Vizinha Fornari, foi utilizada no passado como para empréstimo de solo silte argiloso. O material foi empregado no próprio município, que figura entre as cidades do Circuito das Águas Paulistas, em obras de conservação de vias, assim como em cidades vizinhas.

“O Ministério Público solicitou a recuperação ambiental da área à prefeitura, que elaborou um projeto para o retaludamento da encosta e sistema de drenagem superficial. Entretanto, a execução do retaludamento não foi realizada de acordo com o projeto original apresentado ao MP”, conta Gomes. A execução do sistema de drenagem superficial da área, composto por canaletas e escadas d’água não foi realizado, assim como a recuperação florestal da encosta.

A ausência do sistema de drenagem superficial ocasionou processos erosivos e deslizamentos pontuais na área em questão e, em função desses processos e das divergências entre o projeto original e o trabalho realizado, o MP atuou a prefeitura, que solicitou apoio técnico do IPT, para a execução de um novo projeto. “O trabalho do IPT consistiu em avaliar as condições atuais de estabilidade da área e propor medidas de engenharia para recupera-lá”, afirma o pesquisador.

No relatório final, para cada setor da encosta foram indicadas soluções de engenharia de acordo com suas características geotécnicas e o tipo de problema apresentado. Foi proposto também para a área de estudo um sistema de drenagem superficial integrado ao sistema de drenagem já existente na cidade.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

× Como posso te ajudar?