Ceasa Campinas terá nova plataforma logística no Mercado de Hortifrútis

mar 13 • Economia, NotíciasNenhum comentário em Ceasa Campinas terá nova plataforma logística no Mercado de Hortifrútis

 A Ceasa Campinas terá nova plataforma logística no Mercado de Hortifrútis.  A novidade foi anunciada pelo prefeito Jonas Donizette durante a cerimônia em comemoração dos 43 anos de fundação da Ceasa Campinas, que reuniu cerca de 200 pessoas nesta terça-feira, dia 13. A nova estrutura irá agilizar mais as operações de carga e descarga de frutas, legumes e verduras no mercado e deverá ser concluída dentro de seis meses, após a contratação dos serviços, com um investimento previsto de R$ 2,5 milhões, com recursos da Ceasa.

 O diretor-presidente da Ceasa, Wander Villalba recebeu os convidados para a cerimônia festiva e também divulgou o cronograma de eventos e ações para o ano. Ele ainda fez  um balanço do desempenho dos programas sociais sediados pelo entreposto, além de lembrar a reforma da recepção do prédio da Administração e o anúncio do novo paisagismo dos jardins de inverno da sede.

O presidente da Ceasa agradeceu a presença do prefeito, da primeira-dama, Sandra Ciocci, e de todos os participantes. “É um dia muito importante para nós. São 43 anos dessa empresa que é referência nacional dentre as centrais de abastecimento do País. Muita gente fez muito por essa instituição e, com certeza, a administração do prefeito Jonas consegue dar andamento a esse trabalho e valorizar ainda mais a nossa Ceasa Campinas”, disse.

Obra

A nova plataforma visa a melhoria da logística das operações de mercado e será construída numa área de 1.257 metros quadrados, próximo ao Galpão Permanente 1 (GP1) e Mercado Livre Central (MLC).

A construção terá infraestrutura moderna semelhante à da Plataforma Logística 2 (PL2) – localizada no lado par ou sul -, inaugurada em junho de 2016, mas com uma novidade: a instalação de um reservatório de água de reuso, para reaproveitamento da água das chuvas coletada no telhado da plataforma. O reservatório terá capacidade para armazenar até 2.350 metros cúbicos de água.

“É um projeto que vem sendo aguardado já um bom tempo e há uma certa euforia no mercado, porque essa obra vai trazer um conforto muito grande para a nossa movimentação de cargas e agilizará tanto para carga quanto para liberação dos clientes”, disse Alexandre Bardin, presidente da Associação dos Permissionários da Ceasa Campinas (Assoceasa).

Música e quitutes

O evento também contou com a apresentação do coral de crianças do Grupo Primavera, entidade de Campinas que é atendida pelo Banco Municipal de Alimentos, e um café da manhã com quitutes com uso integral dos alimentos, preparados por Matusalém Paracelso, cozinheiro da Secretaria Municipal de Assistência Social e Segurança Alimentar, que também atua no Banco de Alimentos – como risoles de casca de banana, coxinha de carne de jaca, torta de banana e sorvete de mandioca.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

× Como posso te ajudar?