Covid-19: Emdec detecta queda de 40% na circulação de passageiros

mar 21 • Cidade, TrânsitoNenhum comentário em Covid-19: Emdec detecta queda de 40% na circulação de passageiros

Nesta sexta-feira, dia 20 de março, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) detectou a queda na ordem de 40% no total de passageiros do sistema de transporte público coletivo municipal, em comparação aos dias normais. Desde a última semana, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Emdec vem adotando uma série de medidas operacionais para ajustar a frota de ônibus, em função da demanda de passageiros; e da extrema necessidade de circulação das pessoas.   A Administração municipal, seguindo orientações do Ministério da Saúde e do Comitê Municipal de Enfrentamento da Pandemia de Infecção Humana pelo Novo Coronavírus (Covid-19), adotou inúmeras medidas de restrição de circulação de pessoas pelo município, como cancelamento de aulas, fechamento de teatros, bibliotecas e parques municipais; indicação de fechamento de comércios e outras atividades não essenciais, entre outras.   “Este é um momento novo, totalmente atípico, e é uma situação global. O isolamento social é a principal recomendação para se evitar a contaminação generalizada pelo Covid-19. Não é para ocorrer aglomerações nos ônibus e nos terminais urbanos. A circulação de pessoas deve ocorrer no caso de extrema necessidade e com o escalonamento de horários. Temos que nos adaptar à nova situação. É questão de saúde pública, que necessita do envolvimento de todos. O transporte público somente deve ser utilizado nos casos essenciais, para a própria segurança dos usuários e dos operadores”, enfatiza o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro.   A Emdec reforça que os terminais urbanos e principias pontos de embarque sejam utilizados somente pelos usuários do transporte que necessitem realizar algum deslocamento essencial. Nos ônibus e terminais urbanos foram afixados cartazes com recomendações sobre cuidados com os fatores de transmissão do novo coronavírus.  As empresas concessionárias do transporte e o serviço complementar (alternativo) receberam orientações para replicarem aos funcionários. A Emdec determinou um cuidado maior com a limpeza e higienização dos ônibus e recomendou que todos os veículos circulem com as janelas abertas, mesmo os que possuem equipamento de ar condicionado. Outras medidas para melhorar a circulação interna podem ser tomadas, desde que não comprometam a segurança dos passageiros.   “Mesmo em situação tão adversa, estamos mantendo o atendimento adequado do transporte público à população. Há casos de municípios que já suspenderam a operação. Nós entendemos a necessidade da circulação, mas com responsabilidade e nos casos de necessidade. A Administração municipal está fazendo a parte dela. Mas é importante que cada cidadão assuma o seu papel de protagonista, para conter a pandemia. O esforço e entendimento deve ser de todos”, diz Barreiro.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

× Como posso te ajudar?