Indústria regional começa o ano com contratações

fev 21 • Economia, EmpregoNenhum comentário em Indústria regional começa o ano com contratações

A indústria da região de Campinas inicia 2018 com geração de novos postos de trabalho. Em janeiro, o setor registrou um saldo de 1.750 contratações, o resultado representa uma variação positiva de 1,09% no nível de emprego e reforça o ciclo de oportunidades de emprego para um mês de janeiro que vem se repetindo nos últimos seis anos, desde 2012.

Os setores que mais contrataram neste primeiro mês do ano foram Equipamentos de Informática, Produtos Eletrônicos e Ópticos; Produtos Farmoquímicos e Farmacêuticos; Veículos Automotores e Autopeças e Produtos Alimentícios.

   No saldo de empregos de todo o ano de 2017, a entidade teve um saldo de 500 contratações nos 19 municípios abrangidos pela regional de Campinas. Para o diretor do Ciesp-Campinas, José Nunes Filho, mesmo com o nível de emprego de janeiro  positivo, isso não pode ser considerado como uma tendência para o resto do ano. “Embora janeiro apresente contratações expressivas, até quando comparamos com o saldo de todo o ano anterior, é importante ressaltar que nos cinco anos anteriores – de 2013 a 2017, os meses de janeiro também foram positivos, mas nos meses seguintes ocorreram ciclos contínuos de desemprego na indústria regional”, adverte Nunes.

   Nunes comenta que o quadro econômico, nesse início de 2018, se complicou com a impossibilidade de votação da Reforma de Previdência, o que foi na sua avaliação um sinal negativo para todo o mercado. Sobre as 15 medidas anunciadas nessa semana pelo Governo para estimular a economia, ele avalia “que não passam de cortina de fumaça” e não terão nenhum efeito significativo nos negócios. “Diante desse quadro de incertezas, precisaremos aguardar os próximos meses para uma melhor avaliação sobre o desempenho da indústria”, resume Nunes.

   O diretor do Departamento de Comércio Exterior do Ciesp-Campinas, Anselmo Riso, comentou o desempenho da balança comercial da indústria regional. Em 2017, a balança regional apresentou um déficit de US$ 5,9 bilhões, cerca de 15,2% maior que o déficit de 2016, que  foi de US$ 5,1 bilhões. No mês de janeiro de 2018, a o saldo comercial da região foi deficitário em US$ 530,9 milhões, significando um aumento de 20,5% em relação a janeiro de 2017 – que teve um déficit de US$ 440,6 milhões.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

× Como posso te ajudar?