MAE Maria Rosa e Maternidade de Campinas recebem doações

Em campanha do Grupo Bandeirantes Campinas, que aconteceu no dia 30 de maio, foram arrecadados alimentos e produtos de limpeza

Uma ação solidária realizada pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação garantiu a destinação de alimentos de produtos de limpeza, doados por empresas, para duas instituições filantrópicas de Campinas e outras três de cidade da região. A Iplasa, fabricante de produtos de limpeza, doou água sanitária e desinfetante; a Embalixo doou embalagens plásticas (sacos de lixo) antibactericidas e o Higa Atacado entregou alimentos (bolachas, fubá, farinha de trigo, macarrão) e produtos de limpeza (detergente e água sanitária) para compor as cestas básicas que estão sendo entregues às famílias necessitadas.

Em Campinas foram beneficiados o Hospital Maternidade de Campinas e o MAE – Movimento Assistencial Espírita – Maria Rosa, que mantém programas socioeducativos e de convivência na região do Jardim Campineiro. Já na região, as doações foram entregues para o Fundo Social de Solidariedade de Jundiaí, para o Momunes – Movimento Mulheres Negras, de Sorocaba, e para o Lar Dos Velhinhos, de Piracicaba.

Doação de Alimentos/Divulgação
Produtos entregues nas entidades/Divulgação

Durante o programa, os apresentadores da TV e das emissoras de rádios do Grupo Band se revezaram no estúdio e explicaram as formas de doação financeira direta às instituições por meio do sistema de QR Codes, que foram informados na tela e nos posts das redes sociais. “Esse foi o primeiro de muitos projetos que ainda serão executados na construção de uma travessia desse momento de crise para as pessoas que estão mais vulneráveis”, informa Rodrigo Salomon, apresentador e gerente de Conteúdo e Operações na emissora.

Música na Band Sob Rodas

Outra ação solidária realizada pelo grupo Bandeirantes Campinas aconteceu nesta segunda-feira, em agradecimento aos profissionais da linha de frente no combate à Covid-19. Em cima de um trio elétrico, músicos estiveram nas Santas Casas de Valinhos e de Campinas e na Maternidade, convidando os colaboradores dessas unidades de saúde para assistirem, ou apenas para ouvirem de onde estivessem, 15 minutos de música da melhor qualidade, tocada em um volume baixo para não atrapalhar o funcionamento do hospital e para não incomodar os pacientes.

Trio elétrico da Band Campinas/Divulgação
Profissionais de saúde recebem homenagem /Divulgação

Foi uma homenagem do Grupo Bandeirantes de Comunicação para quem “está trabalhando incansavelmente durante toda a quarentena e que não pode parar. A forma de agradecer pelo trabalho desses profissionais foi oferecer-lhes um momento de alegria”, explica Salomon.

Aumento nas necessidades

Com as atividades suspensas devido ao isolamento social necessário para a prevenção da Covid-19, o M.A.E. Maria Rosa tem, desde março, distribuído cestas básicas para mais de 500 famílias da região do jardim campineiro, onde está instalado. Para tanto, necessita de alimentos, produtos de limpeza e de higiene pessoal, principalmente sabonetes.

“Além das 390 famílias já referenciadas no nosso serviço, também estamos atendendo, semanalmente, mais 150 da região dos Amarais. São pessoas que perderam seus empregos formais em virtude da pandemia, trabalhadores informais, catadores de reciclagem que, em maioria, não recebem nenhum benefício do governo. Essa doação vem para somar com o nosso trabalho, para que possamos garantir que esses produtos cheguem às casas dos assistidos. Só temos a agradecer às pessoas e empresas que doaram e ao Grupo Band por nos ajudarem a atender a quem mais precisa nesse momento”, explica Kelly Parro, coordenadora técnica do MAE Maria Rosa.

Alunos do MAE Maria Rosa/Divulgação

Maternidade

O Hospital Maternidade de Campinas, como instituição filantrópica, contabiliza mais de 60% de seus atendimentos pelo SUS – Sistema Único de Campinas.  A comunidade pode auxiliar com doações em dinheiro ou com produtos, como álcool em gel e álcool etílico 70%; panos multiuso; sabonetes com clorexidina; máscaras cirúrgicas; luvas de borra sintética (tamanhos P, M e G); aventais descartáveis de manga longa, com elástico no punho; fraldas para recém-nascidos e tamanho P (das marcas Pom Pom ou Diguinho); turbantes sanfonados e micronebulizadores para uso adulto e pediátrico.

“Nós temos um trabalho social feito com todas as mães que são internadas. Suas vulnerabilidades financeiras e sociais são avaliadas internamente, e a destinação é feita em forma de cesta básica para as famílias mais necessitadas. Ficamos muito agradecidos pela solidariedade de todos que ajudaram nessa campanha”, diz a pediatra e diretora do Hospital Maternidade de Campinas, Mônica Barthelson.

Read Previous

Testes de vacina produzida entre Brasil e China estão no estágio final

Read Next

Pagamentos no Whatsapp: o ciclo de venda se completa

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *