Jornal de Campinas

Hotelaria da Região de Campinas tem melhor novembro desde 2019

Campinas apresenta melhores resultados no setor hoteleiro/ Foto: Lázara PAes Leme

Taxa média de ocupação foi de 64,28%, também a segunda maior desde 2019

Hotelaria da Região de Campinas

  A rede hoteleira da Região Metropolitana de Campinas (RMC) alcançou em novembro a melhor ocupação para o mês desde 2019 e o segundo melhor mês daquele mesmo ano. A pesquisa mensal realizada pelo Campinas e Região Convention & Visitors Bureau (CRC&VB – Visite Campinas) apurou uma taxa de ocupação média de no mês passado 64,28%, índice puxado principalmente pelos grandes eventos corporativos.

Dentro da série história da pesquisa do CRC&VB, desde janeiro de 2019 o índice de novembro só foi superado em agosto de 2022, quando a taxa de ocupação atingiu 65,25%. A categoria econômica fechou o mês passado com 66,30%, enquanto que a Midscale (intermediária) foi de 62,24%. A diária média permaneceu estável em relação a outubro – R$ 334,12, enquanto que o RevPAR subiu para R$ 213,69.

Douglas Marcondes, diretor de Hotelaria do CRC&VB, explica que os dados da de novembro vieram em linha com o movimento registrado pelo setor paulistana, com vitalidade e bons resultados. “Irrefutavelmente, o desempenho de novembro e o acumulado no ano até agora demonstra a capacidade do Turismo em movimentar a economia regional, beneficiando, de forma direta e indireta, quem vive deste segmento, seja empresários ou trabalhadores”, diz.

Os bons números de 2023, acrescenta, devolveram ao setor a capacidade de lapidar as condições estruturais dos mobiliários envolvidos e suas estruturas, com reformas, retrofits e upgrades em suas instalações”, explica. “Tudo isso acaba gerando empregos, propiciando aquisições diversas, além de disseminar renda e promover inclusão”.

A expectativa do setor hoteleiro da RMC para 2024, afirma Marcondes, é positiva. “Uma ampliação da oferta de crédito ao setor, a crescente e consciente interlocução entre os agentes promotores de eventos, de distintos portes e perfis, anunciam uma excelente perspectiva para o ano de 2024”.

O presidente do Campinas e Região Convention, Vanderlei Costa, ressalta que em 2023 a hotelaria regional já teve a recuperação da ocupação média e aumento na diária média na comparação com 2019. “O setor de eventos tem contribuído fortemente para esses números positivos, com 227 eventos de grande porte – acima de 500 pessoas – já realizados ou confirmados até dezembro, um recorde”.

Costa lembra, também, que além da própria rede hoteleira os grandes eventos movimentam cerca de 50 setores em toda a RMC, como gastronomia, fornecedores de equipamentos, transportes, dentre outros, além de gerar milhares de empregos, renda e impostos para os municípios.

Read Previous

TV Brasil lança produção original “1 dia na MEC, 100 anos no Rádio”

Read Next

Prefeitura de Campinas mantém serviços essenciais durante o feriado de Ano Novo