Campinas inicia ações do Plano de Desenvolvimento Turístico

Oficinas e aulas capacitarão interessados no setor a apresentar propostas e contribuir para construção do plano


Com foco numa construção coletiva, a Prefeitura de Campinas deu início à elaboração do Plano de Desenvolvimento Turístico de Campinas. O processo começou com evento realizado no Royal Palm Hall, onde cerca de 60 pessoas ligadas ao setor participaram de uma apresentação sobre como funcionará a capacitação para a elaboração do plano nos próximos seis meses.

O plano é um instrumento que tem por objetivo orientar o crescimento do turismo, coordenar e conduzir as decisões da política municipal do setor, permitindo a adequada sinergia entre o poder público, setor privado e sociedade. O lançamento nesta terça-feira foi realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo de Campinas em parceria com o Conselho Municipal de Turismo (Comtur) e o Serviço Nacional do Comércio (Senac), que será o responsável pela capacitação para a construção do plano.

O encontro aconteceu durante a reunião ordinária do Comtur. Na abertura, o atual presidente do Conselho, Vanderlei Costa e Silva, destacou as várias atribuições do órgão, entre elas auxiliar na formulação da política municipal de turismo, propor e desenvolver programas visando fomentar o setor na cidade. Além dos conselheiros presentes, participaram do evento representantes das entidades de classe, empresários de vários segmentos turísticos, associações e instituições culturais ou sociais com atuação no setor.


Reconhecendo a força do turismo de eventos e negócios para Campinas, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, André von Zuben, reforçou o crescimento de vários outros segmentos turísticos na cidade e a necessidade de promover ainda mais o desenvolvimento de novos segmentos. “Estamos lançando hoje um plano que vai ouvir todos os atores do turismo de Campinas. É assim que tem que ser e para isso, além da capacitação nos próximos meses, faremos oficinas de diversos segmentos do setor. Assim, construiremos propostas para atender a diversidade da área de turismo, buscando dar uma diretriz para a cidade nos próximos anos”, destacou von Zuben, ressaltando ainda a importância do turismo na geração de empregos.

A Prefeitura de Campinas também esteve representada na apresentação pela diretora do departamento de Turismo, Alexandra Caprioli, e o coordenador de Planejamento e Informação do departamento, Eros Vizel, que destacaram a importância do projeto para Campinas. “Estamos buscando um plano para capacitar a cidade. Se nós não nos planejarmos, não chegaremos a lugar algum. Depois deste processo de elaboração, esperamos ver o plano aprovado como lei na Câmara e aplicado no dia a dia de Campinas”,projetou Alexandra Caprioli. Após sua conclusão, o projeto de lei do Plano de Desenvolvimento Turístico de Campinas será enviado para a aprovação na Câmara Municipal.


Capacitação

O curso de capacitação para a elaboração do plano, promovido pelo Senac, parceiro do Projeto, terá início no dia 8 de abril com término previsto para 21 de outubro. Serão cerca de 110 horas de curso (uma aula por semana com quatro horas de duração) no Campus I da PUC-Campinas. Os detalhes sobre a capacitação foram apresentados nesta terça pelo gestor de desenvolvimento social do Senac-SP, Jorge Carlos Silveira Duarte, que tem coordenado este trabalho da instituição no Estado de São Paulo.

As inscrições para as oficinas e as aulas de capacitação deverão ser feitas até dia 5 de abril pelo e-mail comtur@campinas.sp.gov.br. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 2116-0724/0749, do Departamento de Turismo, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo.


Calendário das oficinas setoriais

– 27/03, das 8h às 12h30 – Oficina 1: Turismo de Negócios e Eventos/Circuito Campinas Inovadora/Turismo de Saúde. Local: Expo D. Pedro.

– 02/04, das 8h às 12h30 – Oficina 2: Turismo Rural/Cicloturismo/Turismo de Aventura/Ecoturismo/Observação de Aves/Pesqueiro/Astroturismo. Local: Salão da Subprefeitura de Joaquim Egídio.
– 04/04 – das 8h às 12h30 – Oficina 3: Turismo Cultural e Histórico. Local: Estação Cultura.ResponderResponder a todos


Encaminhar

Read Previous

O MASSACRE DE SUZANO E A INCÚRIA NACIONAL

Read Next

Médica especialista em Parkinson faz palestra em Campinas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *