Programa Mão Amiga abre quarta turma em Campinas

Começou nesta segunda-feira, 18 de março, a 4ª turma do Programa Mão Amiga, iniciativa municipal que tem o objetivo de dar formação profissional às pessoas em situação de rua para reinserção no convívio familiar e social.

Na ocasião, o prefeito Jonas Donizette anunciou a entrada de 30 novos bolsistas no programa e comemorou o ingresso no mercado de trabalho de 14 participantes da edição anterior do Mão Amiga. Jonas destacou a determinação dos novos profissionais, que souberam aproveitar a oportunidade oferecida e agora estão iniciando uma nova fase em suas vidas. “Esta é a quarta turma de pessoas em situação de rua para as quais damos um novo horizonte de vida. A partir de agora, vão aprender jardinagem e noções de construção civil para que possam ingressar no mercado de trabalho, como já aconteceu com alguns formandos da turma anterior, que foram contratados pela empresa MRV, uma das nossas parceiras neste programa”, destacou o prefeito.

O prefeito também agradeceu aos demais parceiros do Mão Amiga, que abriram as portas da empregabilidade para os integrantes do programa. “Este é um programa intersetorial, que envolve várias secretarias municipais e conta com importantes parcerias como o Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil), o Centro Universitário Adventista (Unasp) e a empresa MRV Engenharia que têm possibilitado a efetiva inserção dos formandos no mercado de trabalho”, ressaltou.

Capacitação

Os 30 novos bolsistas iniciam a capacitação com três palestras. A primeira encerrou a aula inaugural desta segunda-feira. As próximas serão nesta terça e quarta-feira, dias 19 e 20. O módulo de Jardinagem que será ministrado no Ceprocamp começa na quinta-feira, dia 21 de março. As aulas ocorrerão sempre às terças e quintas.

O segundo módulo – “Noções de Construção Civil” –  será ministrado pelo Centro Universitário Adventista (Unasp). Os cursos incluem aulas teóricas e práticas.

Com o ingresso desses 30 novos alunos, 44 bolsistas integrarão o programa, sendo 14 remanescentes da 3ª turma. Outros 70 já foram capacitados pelo Mão Amiga. Cada bolsista recebe R$ 976,75 por mês, o equivalente a 277 Unidades Fiscais (Ufics).S

Para fazer parte do Mão Amiga, os alunos são indicados pelos serviços socioassistenciais que atendem esse segmento da população. Na sequência, passam por um processo seletivo para iniciarem o curso.

O programa começou em 2016, voltado especificamente para pessoas que vivem em situação de rua. Com a nova turma iniciada nesta segunda-feira, a iniciativa está chegando a 114 bolsistas no total.

Read Previous

Projeto leva teatro gratuito a Indaiatuba e Monte Mor

Read Next

Nina Silva ministra palestra no InspiraDelas, em Campinas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *