São Paulo proíbe circulação das 23h às 5h a partir desta sexta-feira, 26

O Governo de São Paulo anuncia que a partir de sexta-feira, 26 de fevereiro, está proibida a circulação das 23h às 5h, em todo os 645 municípios do estado. A medida, que atende uma recomendação expressa do Centro de Contigência do coronavirus para conter a aceleração da pandemia, entra em vigor a partir desta sexta-feira (26), inclusive, e valerá até o dia 14 de março.

Um dos motivos explicados pelo governo paulista é o elevado número de pacientes internados com a doença em UTIs, 6.600 pessoas registradas nesta quarta-feira, 24. O número representa um record de internações desde o início da pandemia de Covid-19. A média de internação nos últimos dias foi superior a 1.000 casos por dia.

As medidas representam mais restrições e maior vigilância para inibir a propagação do vírus, coibir a aglomeração em bares e restaurantes e a realização das festas clandestinas, que têm sido denunciadas em todo o estado.

Podem funcionar todos os serviços essenciais, da área da saúde, farmácias, transporte e entregas gerais por aplicativos, bem como todo tipo de delivery.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-2-1024x590.png
Internações batem record no Estado de São Paulo/Divulgação

Novas cepas

Outro aspecto negativo anunciado hoje (24) é a confirmação de 36 cepas de Manaus, em pacientes da capital paulista. Quase todos os casos por transmissão na própria cidade de São Paulo, Jaú e Araraquara.

Também foram confirmadas 8 cepas britânicas confirmados, 6 casos autóctones (transmitidos na própria cidade) em São Paulo e em Sorocaba, além de outras 3 em investigação.

Punição

O governador João Doria informa que está sendo montada uma força-tarefa no estado em conjunto com as prefeituras com o objetivo de endurecer a fiscalização no cumprimento das restrições. Não haverá qualquer tipo de advertência ou abordagem aos trabalhadores em circulação no horário da restrição. Mas haverá blitz em diversos pontos das cidades e os estabelecimentos comerciais abertos neste horário poderão ser multados. O Governo do Estado pede a colaboração das pessoas no sentido de seguirem as restrições do Plano São Paulo e o complemento agora anunciado e denunciarem aglomerações e festas clandestinas pelo telefone 0800-77113541 e também pelo site www.procon.sp.gov.br.

Read Previous

Espetáculo Cirqu&tal faz temporada em Hortolândia

Read Next

Indústria regional registra aumento de 47% na produção

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *