Processo criativo de dramaturgia é abordado em evento gratuito em Campinas

Com entrada gratuita, o ´Projeto Pepe´ fica até 31 de agosto no Museu da Imagem e do Som de Campinas

De 3 a 31 de agosto, das 10h às 18h, o Museu da Imagem e do Som de Campinas (Rua Regente Feijó, 859, no Centro) recebe o “Projeto Pepe”, uma instalação que conta com textos, imagens e objetos que compuseram o processo criativo da dramaturgia do espetáculo “Pepe, o Hipopótamo” do Núcleo Tumulto! de investigação cênica, uma peça teatral que aborda a influência que o narcotráfico tem na sociedade. A entrada é gratuita.

Além da instalação, uma série de ações compõe o ciclo de atividades. No dia 9 de agosto, o projeto realiza uma leitura encenada de “Pepe, o hipopótamo” na Biblioteca Pública Municipal Prof. Ernesto Manoel Zink, às 14h e no mesmo dia, às 18h, no MIS.  Entre os dias 12 e 15 de agosto, das 13h30 às 16h30, a biblioteca será palco de uma “Oficina de escrita performativa” com foco na criação dramatúrgica baseado na fricção entre realidades e ficções, a partir de práticas de criação textual com origem em textos jornalísticos e experiências pessoais. O evento é aberto ao público em geral, a partir de 14 anos e conta com 20 vagas. As inscrições podem ser feitas pelo linkhttps://portalcultura.campinas.sp.gov.br/editais.

Nos dias 10 e 17 de agosto, das 11h às 13h, será realizada a “Intervenção Artística Pepe, o hipopótamo” nos CÉUs Florence e Vila Esperança.  O evento conta com a presença dos integrantes do Núcleo Tumulto! de Investigação Cênica e será aberto ao público em geral que realizarão práticas de produção de Lambe-lambe e stêncil a partir do direcionamento temático do projeto e uma leitura performativa do texto “Pepe, o hipopótamo”. As inscrições podem ser efetuadas no local com até 15 minutos de antecedência.

Já no dia 16 de agosto, das 14h30 às 16h30, acontecerá uma leitura dramática do texto “Pepe, o hipopótamo” pelo Núcleo Tumulto de Investigação Cênica e posteriormente uma roda de conversa com a dramaturga, diretor e atores do grupo na Biblioteca Pública Distrital de Sousas Guilherme de Almeida, na avenida Cabo Oscar Rossin, 63, no distrito de Sousas, em Campinas. A apresentação tem classificação de 14 anos e está sujeita à lotação do local.

Read Previous

A arte revolucionária de Doris Homann é apresentada a Campinas

Read Next

SOS Animal Show acontece em Campinas neste domingo, dia 11

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *