Filmes da Mostra de São Paulo-Itinerância estão em cartaz no Sesc Campinas

A estreia da peça teatral “As Desventuras do Capitão Rabeca” e os shows dos grupos “Farufyno” e “Samba da Opinião” também são destaques

A “Itinerância da 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo”, que perpassou todo o mês de novembro no Sesc Campinas, entra em sua terceira semana com a apresentação de mais três filmes. O sérvio “Cicatrizes” (dia 26/11, terça, às 20h – entrada gratuita), o alemão “De Quem é o Sutiã?” (dia 27/11, quarta, às 20h – entrada gratuita) e a animação francesa “Os Olhos de Cabul” (dia 30/11, sábado, às 15h – entrada gratuita).

Além disso, teatro e música vêm com grandes novidades. Nas artes cênicas, “As Desventuras do Capitão Rabeca” (dia 29/11, sexta, às 20h – ingressos a partir de R$9), cuja estreia acontece aqui no Sesc Campinas, apresenta a personagem-título, em uma taverna, contando a sua história de vida, de como floresceu em seu espírito a admiração pelas artes, pela beleza e como foi reprimido por seu rigoroso pai para ser moldado a ferro e fogo para a prática da guerra. Já os shows musicais da semana ficam a cargo dos grupos “Farufyno” (dia 30/11, sábado, às 16h30 – entrada gratuita) e “Samba da Opinião” (dia 1º/12, domingo, às 16h – entrada gratuita). Enquanto o primeiro explora novos ares com importantes autores da MPB como Gilberto Gil, Caetano Veloso, Chico Buarque, Lenine, Martinho da Vila, Jards Macalé e Raul Seixas, o segundo promove uma roda de samba para exaltar as grandes referências do gênero, bem como, executar canções próprias do coletivo.

Em ações para a Cidadania, o destaque é um debate cujo tema é “Direitos Humanos e Negritude” (dia 27/11, quarta, às 19h – entrada gratuita), sobre direitos humanos, relações raciais, identidades negras e pertencimento racial e que faz parte do projeto “Do 13 o 20: (Re) Existência do Povo Negro”, que engloba ações que objetivam o fortalecimento e o reconhecimento da cultura negra, bem como, o fomento à convivência e o respeito pelas diferenças.

Na literatura, Fernando Nuno, escritor e adaptador de clássicos para a literatura infantil, realiza exercícios práticos de escrita em grupo e mostra como escrever sobre mudanças tão radicais na realidade a ponto de parecermos estar num sonho inesperado e como relacionar isto com os sonhos que temos de uma vida melhor, acordados ou dormindo, em “Sonhos Imprevistos” (dias 28/11, 5 e 12/12, quintas, das 9h30 às 21h30 – entrada gratuita).

No esporte, a “Copa Sesc” continua a todo vapor, com os festivais de “Basquete” (dia 28/11, quinta, das 20h30 às 22h – entrada gratuita) e “Badminton” (dia 1º/12, domingo, das 13h30 às 17h30 – entrada gratuita). A “Copa da Inserção” (dia 29/11, sexta, das 10h às 14h – entrada gratuita), por sua vez, chega ao seu fim, após três meses de competição e promete fortes emoções.

No teatro infantil, a vez é da peça “O Dia em que a Minha Vida Mudou por Causa de Um Chocolate Comprado nas Ilhas Maldivas” (dia 1º/12, domingo, às 16h – ingressos a partir de R$6), que conta a história de Mia e o presente especial que ela recebe de seu melhor amigo na perua que a leva para a escola: um chocolate que a faz lembrar-se do pai.

Na área turística haverá a realização do curso “Gênero e Trabalho – 4º Ciclo de Reflexões ‘Ética no Turismo'” (dia 30/11, sábado, das 10h30 às 17h – inscrição gratuita), que abordará a história de gênero no turismo; o Feminismo, o mercado do sexo e o turismo; a conjuntura, a situação atual, as demandas e as conquistas; e a experiência das camareiras na Espanha, seu processo de organização social, participação e estratégias de reivindicação de direitos no trabalho.

O Sesc Campinas fica na Rua D. José I, 270, bairro Bonfim.

Read Previous

Papai Noel abre seu ‘Palácio’ na Praça Rui Barbosa, Centro de Campinas, no próximo dia 29

Read Next

Black Friday do Iguatemi Campinas tem atrações culturais

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *