Indústria regional soma 1,4 mil demissões no ano

A indústria da região de Campinas registrou 750 demissões em maio, o segundo maior resultado negativo desde o início da série história em 2003. No ano o acumulado também é negativo, com aproximadamente 1,4 mil postos de trabalho fechados, de janeiro a maio. Esses números fazem parte da apresentação das Pesquisas Sondagem Industrial, Nível de Emprego e Balança Comercial Regional do Ciesp-Campinas, referentes ao mês de maio. Na avaliação do diretor em exercício da entidade, José Henrique Toledo Corrêa, embora esses dados de emprego preocupem, a expectativa é que com as reformas sendo aprovadas – a Previdenciária e a Tributária, esse quadro se reverta. “As empresas estão paradas na expectativa das reformas e ninguém quer colocar dinheiro novo nesse momento, portanto o emprego é prejudicado”, explica.

Anselmo Riso e José Henrique Toledo Côrrea/Foto: Lázara Paes Leme

Para José Henrique Toledo Corrêa, alguns sinais positivos apontam para a retomada nos próximos meses, “como o crescimento da arrecadação anunciado recentemente”, mas o diretor frisa, que esse quadro pressupõe a aprovação pelo Congresso dessas reformas mais urgentes.

O diretor do Departamento de Comércio Exterior do Ciesp-Campinas, Anselmo Riso, afirmou que as exportações da indústria regional em maio foram de US$ 280,60 milhões (26,3% maiores que maio/2018) e  as importações de US$ 992,86 milhões (21,8 maiores que maio/2018). O déficit comercial em maio/2019 foi de US$ 712,3 milhões. A corrente de comércio exterior (somatório das exportações e importações) em maio foi de US$ 1,27 bilhão.

Na apresentação das pesquisas, o diretor de Comércio Exterior do Ciesp-Campinas, destacou a expectativa positiva com a desburocratização nos processos de exportações, principalmente para os micro e pequenos empresários. “Avaliamos que alguns nichos de exportações, principalmente na área de alimentação, como doces diferenciados, cachaças e vestuários personalizados com pedras brasileiras, tem possibilidade de grande atração no mercado internacional, principalmente para os chineses, que podem se tornar grandes compradores desses produtos brasileiros”, acrescentou Riso.

Read Previous

Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos Sólidos será lançado dia 26

Read Next

Sinfônica de Campinas convida ex-integrantes a tocar no aniversário da orquestra

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *