Concerto comemora 35 anos da Sinfônica em comício das “Diretas Já”

abr 22 • Cidade, Cultura & LazerNenhum comentário em Concerto comemora 35 anos da Sinfônica em comício das “Diretas Já”

Apresentações ocorrem dias 27 e 28 de abril. A entrada será doação de alimentos

A Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas (OSMC) apresenta, no final de semana dos dias 27 e 28 de abril, um concerto especial para relembrar sua participação nos comícios das “Diretas Já”, com o mesmo repertório que foi tocado no histórico dia 16 abril de 1984, em São Paulo.

O evento será beneficente, com distribuição dos convites antes do espetáculo em troca de doação de alimentos não-perecíveis para o Banco de Alimentos de Campinas.  Os dois concertos serão no Teatro Municipal “José de Castro Mendes”, sob regência do maestro titular Victor Hugo Toro. No sábado, a apresentação começa às 20 horas, e no domingo, às 11 horas. No repertório, as composições apresentadas no comício que encerrou o movimento “Diretas Já”, no Vale do Anhangabaú, na capital paulista, com estimativa de ter reunido mais de 1 milhão e meio de pessoas.  O programa começa com a música do compositor Ludwig Van Beethoven, com a sua obra a Sinfonia n.º 5 em Dó menor Op. 67, seguida da música do compositor Nikolai Rimsky-Korsakov, com sua obra “Capriccio Espagnol”. Também será apresentada a composição do maestro campineiro Antônio Carlos Gomes, com a Alvorada da ópera  “Lo Schiavo”, e as valsas do compositor Johann Strauss “Vozes da Primavera” e “Valsa do Imperador”.  A música popular brasileira também estará presente, com obras marcantes: do compositor Geraldo Vandré, com arranjo de Damiano Cozzella, será executada a canção “Caminhando (Pra não dizer que não falei das flores)”; do compositor Moraes Moreira (arranjo Rodrigo Morte), o chamado Frevo das Diretas “Eu quero votar para presidente” e também uma coletânea de Milton Nascimento (arranjo Damiano Cozzella), com as músicas “Travessia”, “Maria, Maria”, “Coração de Estudante”, “Menestrel das Alagoas” e “Os Bailes da Vida”.  A direção da OSMC informa que será proibida a entrada após o início do concerto e também não será permitida a presença de menores de 6 anos. 

Na História  

ano, o Brasil está comemorando os 35 anos da realização do histórico comício do movimento “Diretas Já”, no Vale do Anhangabaú, em São Paulo. A Orquestra Sinfônica de Campinas esteve lá, tocando no grande evento que pedia a volta da democracia ao País por meio de eleições diretas.  “Diretas Já” foi um movimento suprapartidário em defesa do retorno de eleições diretas para Presidência da República. Tendo se iniciado em maio de 1983, o movimento ganhou dimensões políticas e sociais amplas, culminando numa série de comícios em todo País, nos primeiros meses de 1984, que mobilizaram milhões de brasileiros. A população reivindicava votar diretamente para a sucessão do governo do general João Batista Figueiredo, último presidente do regime militar instituído em 1964.  Em 16 de abril de 1984, realizou-se uma grande concentração pró eleições diretas, com uma passeata que saiu da Praça da Sé e prosseguiu pelo centro da capital paulista até o Vale do Anhangabaú, onde foi realizado o grande comício.  A trilha sonora ficou por conta da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, na época sob a regência do maestro Benito Juarez. Mais de um milhão de pessoas em silêncio, mãos entrelaçadas, braços para cima. Ao sinal do maestro Benito Juarez, da Orquestra Sinfônica de Campinas tocou e a multidão cantou o Hino Nacional. Do céu caía papel picado, papel amarelo, a cor das diretas, brilhando à luz dos holofotes. No Vale do Anhangabaú, muita gente chorou. Dali por diante, a OSMC ficou conhecida como “A Orquestra das Diretas”. A Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas esteve bastante engajada no movimento, tocando tanto aqui na cidade quanto em capitais nacionais, puxando a participação do povo brasileiro.  O concerto de 16 de abril de 1984 reuniu mais de 1 milhão e 500 mil pessoas para pressionar o Congresso Nacional a aprovar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), apresentada pelo deputado federal Dante de Oliveira. A emenda foi rejeitada no dia 25 de abril por uma manobra de políticos aliados ao governo militar, que levou a não se alcançar o número mínimo de votos necessários para sua aprovação. Isso definiria votação indireta para a eleição do primeiro presidente civil após o golpe militar de 1964.   

Serviço:  

Concertos comemorativos dos 35 anos das “Diretas Já”

Quando: dias 27 (sábado), às 20h, e 28 (domingo), às 11h. 

Onde: no Teatro Municipal “José de Castro Mendes” (Praça Corrêa de Lemos, s/nº, Vila Industrial, Campinas). 

Ingressos: as entradas para esses dois concertos comemorativos da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas poderão ser trocadas por 1 quilo de alimento não-perecível no próprio teatro, a partir de 1 hora antes dos espetáculos.As doações serão entregues ao Banco Alimentos de Campinas  Aviso importante: é proibido entrar após o início do concerto. Não será permitida a entrada de menores de 6 anos.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

× Como posso te ajudar?