Sinais e sintomas de Dislexia

set 12 • FonoaudiologiaNenhum comentário em Sinais e sintomas de Dislexia

Você já deve ter escutado alguém dizer “Fulano tem dislexia”, essa nomeação é tão comum hoje em dia nas escolas, mas pouco clara para muitos pais, até então.
Por essas e outras vamos tentar explicar melhor o significado dessa expressão, que cada mais, aparece com maior frequência nas escolas.
A dislexia é mais frequen­temente caracterizada por dificuldade na aprendizagem da decodificação das palavras. Pessoas disléxicas apresentam dificuldades na associação do som à letra (o princípio do alfabeto); também costumam trocar letras, por exemplo, b com d, ou mesmo escrevê-las na ordem inversa, por exemplo, “ovóv” para vovó.
Desse modo, são considerados sintomas da dislexia relativos à leitura e escrita os seguintes erros:
Erros por confusões na pro­ximidade especial;
Confusão de letras assimétricas. Confusão por rotação. Inversão de sílabas;
Confusões por proximidade articulatória e sequelas de distúrbios de fala;
Confusões por proximidade articulatória. Omissões de grafemas (letras na escrita). Omissões de sílabas;
Acumulação e persistência de seus erros de soletração ao ler e de ortografia ao escrever;
Confusão entre letras, sílabas ou palavras com poucas diferenças na forma de escrever: a-o; c-o; e-c; f-t; h-n; i-j; m-n; v-u; etc;
Confusão entre letras, sílabas ou palavras com formato similar, mas diferente direção: b-d; b-p; d-b; d-p; d-q; n-u; w-m; a-e;
Confusão entre letras que possuem um ponto de articulação comum, e, cujos sons são acusticamente próximos: d-t; j-x;c-g;m-b-p; v-f;
Inversões parciais ou totais de sílabas ou palavras: me-em; sol-los; som-mos; sal-las; pal-pla.

Perturbações Relacionadas

Outras perturbações da aprendizagem que frequentemente acompanham os disléxicos, dentre elas:
Alterações na memória; alterações na memória de séries e sequências; orientação direita-esquerda; linguagem escrita; dificuldades em matemática; confusão com relação às tarefas escolares; pobreza de vocabulário; escassez de conhecimentos prévios (memória de longo prazo).
Devem ser excluídas do diagnóstico do transtorno da leitura: as crianças com deficiência mental, com escolarização escassa ou inadequada e aquelas com déficits auditivos ou visuais.
É muito importante que o diagnóstico seja feito quão logo apareça qualquer um desses sinais. O disléxico quando diagnosticado realizará terapias, as quais auxiliarão durante a sua vida escolar e acadêmica, em especial no processo de alfabetização (leitura e escrita).

Thais P. Marchi
Fonoaudióloga/
CRFA2- 19002
fonoaudiologa.thais@gmail.com

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

× Como posso te ajudar?