Depilação a laser 6 Mitos e Verdades

Dr. Amilton Macedo tira as principais dúvidas sobre um dos métodos mais usados por mulheres, a depilação a laser

Famosa por sua praticidade e eliminação de mais de 90% dos pelos definitivamente, a depilação a laser não demanda muitos cuidados antes ou após o procedimento, a única precaução entre uma sessão e outra é a utilização de um bom protetor solar e não é necessário muitas sessões para ter o resultado esperado.

No entanto, ainda existem muitas dúvidas que permeiam a mente de quem deseja adotar o método de depilação, como  quem pode fazer e se existem efeitos colaterais. 

Segundo o Dr. Amilton Macedo, médico que atua na área de medicina preventiva há mais de 28 anos e é responsável pela saúde da pele de nomes como Ana Hickmann, Izabel Goulart, Fiuk, Julia Konrad, entre outros, esse é o único tipo de depilação  que tem o objetivo de eliminar os pelos por completo para que eles não voltem a crescer “Em comparação a outros métodos, a depilação a laser é o que possui mais eficácia e maior segurança, pois a luz focada do equipamento cauteriza o pelo na raiz, matando o bulbo capilar.

Porém, o procedimento precisa ser realizado em clínicas e com profissionais especializados, pois uma má utilização do método pode acarretar queimaduras e danos gravíssimos à sua pele.”

Tem vontade de fazer a depilação a laser, mas tem medo? O Dr. Amilton Macedo desvendou alguns mitos e verdades desse método tão usado e desejado por homens e mulheres.

A depilação a laser não funciona em pelos loiros e brancos?

Verdade. Quanto mais claro o pelo for, mais difícil será a sua remoção. Isso acontece porque a luz age sobre a melanina, que é o pigmento do pelo, provocando o aquecimento e destruindo o pelo, dessa forma, quanto mais claro, menos eficaz será a eficiência do laser no pelo.

Leia também : Turistando pelo nosso Brasil

Depilação a laser dói mais do que a depilação com cera?

Mito. Quando foi iniciado o processo, por volta dos anos 90, a depilação a laser era dolorida, pois na época a ponteira do equipamento ainda não era refrigerada. Atualmente, a ponteira chega a -9ºc, eliminando todo o calor causado pelo procedimento e fazendo com que o processo seja praticamente indolor.

Não é indicado fazer depilação a laser em pele bronzeada

Verdade. A exposição ao sol aumenta a melanina na pele, o que diminui o contraste entre a coloração da pele e do pelo, desta forma, aumenta o risco de queimaduras na área que o laser é utilizado.

A depilação a laser deixa a pele escura

Mito. A depilação a laser clareia a área tratada, e após a remoção definitiva dos pelos, a ausência de atrito frequente ajuda na manutenção da tonalidade normal da pele. Devido ao calor emitido, o laser ajuda no estímulo de colágeno, tonificando a pele da região.

Não se deve depilar a área com outros métodos

Verdade. Arrancar os pelos pela raiz impede que o laser chegue nos folículos pilosos, dificultando o processo de depilação e não obtendo o resultado esperado.

Não se pode fazer depilação a laser no verão

Mito. O processo pode ser feito em qualquer época do ano, o importante é utilizar protetor solar pelo menos duas vezes ao dia.

Leia as notícias do JORNAL DO CASTELO

Read Previous

Oficina do Estudante tem programação para o Dia das Crianças

Read Next

Campanha Lenço Solidário arrecada lenços

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *