Unicamp divulga calendário para retorno presencial

Unidades terão autonomia para definir o número de servidores que retornarão aos campi

Um mês após a divulgação do plano de retomada gradual das atividades presenciais nos campi, a Unicamp definiu um cronograma para o início do retorno de servidores, professores e alunos. Além de datas para o retorno progressivo, o cronograma também estabelece medidas necessárias para o planejamento seguro. Entre as ações estão: aplicação de testes de detecção do coronavírus em todos, videoaulas sobre o retorno seguro e download e registro no aplicativo de acompanhamento da saúde de todos os que regressarem. No caso dos estudantes, a prioridade será para casos de alunos concluintes e que precisam desenvolver atividades em que a presença nos campi seja imprescindível. O estímulo às atividades remotas será mantido. 

Queda nos casos

No último dia 11 de setembro, a média móvel de novos casos no Estado registrou uma queda de 37% em relação à média móvel dos últimos 14 dias e a variação na média móvel de mortes mostrou uma redução de 19,6% em relação aos 14 dias anteriores. A Região Metropolitana de Campinas também mostra queda nos índices. Os dados de 11 de setembro mostram uma redução de 40% na média móvel de novos casos em relação aos 14 dias anteriores. Já a média móvel de mortes diminuiu em 27,6% no mesmo período. 

Mediante a esses dados positivos, o retorno inicial de até 20% dos servidores está previsto para o dia 19 de outubro, o que vai configurar o primeiro período da volta gradual. O avanço no retorno deverá respeitar o intervalo de duas semanas entre cada período e, em cada um deles, o percentual máximo de servidores que poderão retornar às atividades presenciais aumentará em 20%. O retorno de até 25% dos estudantes de graduação e pós-graduação terá início apenas no terceiro período, data em que poderão retornar também até 25% das crianças atendidas pelo CECI/DeDIC. 

As datas estabelecidas pelo plano podem ser revistas a qualquer momento, dependendo da evolução da pandemia nas regiões em que a Unicamp mantém seus campi. Assim, o calendário fica definido da seguinte forma:

19/10 – Período 1: até 20% de servidores;
02/11 – Período 2: até 40% de servidores;
16/11 – Período 3: até 60% de servidores, até 25% de alunos de graduação, pós-graduação e extensão e até 25% de crianças atendidas pelo CECI/DeDIC;
30/11 – Período 4: até 80% de servidores, até 50% de alunos de graduação, pós-graduação e extensão e até 50% de crianças atendidas pelo CECI/DeDIC; 
14/12 – Período 5: até 100% de servidores, até 75% de alunos de graduação, pós-graduação e extensão e até 75% de crianças atendidas pelo CECI/DeDIC;
23/12 a 03/01/2021 – Recesso de fim de ano
04/01/2021 – Período 6 – até 100% de servidores, até 100% de alunos de graduação, pós-graduação e extensão e até 100% de crianças atendidas pelo CECI/DeDIC;
18/01/2021 – Ingresso na Fase 3 do plano de retomada gradual das atividades.
 

foto mostra o chefe de gabinete da reitoria da unicamp, josé antonio gontijo

Read Previous

Pesquisa revela alto o impacto financeiro na pandemia de Covid-19

Read Next

Hemocentro precisa de doações de todos os tipos de sangue

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *