Vacinação contra a gripe supera cobertura de profissionais da Saúde



  Campinas superou a meta de vacinação de profissionais da área da Saúde, segundo último relatório da Secretaria Municipal de Saúde, finalizado no dia 30 de abril. Foram aplicadas 43.520 doses nesse segmento, ou 105,9% do universo estimado inicialmente na cidade. A próxima etapa da 22ª Campanha Contra a Influenza 2020 foi adiada para começar em 11 de maio. O Dia D de vacinação, agendado para o sábado 9 de maio, foi suspenso pelo Ministério da Saúde. Assim, a terceira fase será de 11 de maio a 5 de junho em todo o País, segundo circular do Ministério. A vacinação continua nos 66 Centros de Saúde da rede municipal ao longo desta semana.       Campinas já vacinou um total de 246.771 pessoas contra a gripe neste ano até 30 de abril. A cobertura vacinal de idosos também superou a marca esperada, ultrapassando a meta do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. Segundo o recente levantamento, 150.401 idosos já receberam a vacina, ou 102,7% do universo estimado para essa faixa etária na cidade, 146.368 pessoas. A meta do Programa Nacional de Imunização é vacinar pelo menos 90% dos grupos prioritários da campanha.       Na segunda etapa Campanha de Vacinação contra Influenza 2020, que começou dia 16 de abril e prossegue até 8 de maio, o público-alvo é formado pessoas com doenças crônicas, funcionários do sistema prisional e a população privada de liberdade, caminhoneiros e motoristas do transporte coletivo. O recente levantamento do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), mostra que em Campinas 57,6% dos doentes crônicos já receberam a vacina até o momento, com 41.445 doses aplicadas de um público estimado em cerca de 72 mil pessoas.       Os dados até 23 de abril mostram que também foram vacinadas 5.066 profissionais que trabalham nas forças de Segurança e Salvamento; 3.555 pessoas privadas de liberdade (sistema prisional); 2.784 caminhoneiros e motoristas do transporte coletivo de Campinas.       Na terceira etapa da Campanha serão vacinadas crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres pós-parto), professores, pessoas com deficiência e adultos de 55 a 59 anos de idade.       Onde se vacinar       A vacinação contra a gripe continua sendo realizada nos Centros de Saúde da cidade. Para saber os locais e os horários de vacinação em Campinas, acesse: http://www.saude.campinas.sp.gov.br/saude/eventos/eventos_2020/campanha_influenza_2020/campanha-influenza-2020_horarios-e-locais-vacinacao-campinas-fase1.pdf .       Pessoas que estavam na entre o público-alvo a primeira fase da campanha ainda podem se vacinar. Basta procurar a rede municipal de Saúde. As doses de vacina contra a gripe estão sendo entregues em lotes pelo Estado e sendo suficientes para atender os públicos de cada etapa. Na última semana, um novo lote com 17 mil unidades foi entregue pelo Governo do Estado.       Pessoas com doenças crônicas e situação clínica especial devem apresentar uma comprovação de sua condição para ter acesso à vacina, segundo determinação da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. São aceitos como comprovante: prescrição médica; receita de medicamento; anotação em prontuário das unidades de saúde; cadastro em programas de controle de doenças crônicas; comprovante de vacinação para influenza ou a caderneta de vacinação com registro da vacina de influenza em anos anteriores.

Read Previous

Governo de SP determina uso obrigatório de máscaras em todo o Estado

Read Next

Emdec prorroga validade de alvarás, inspeções veiculares e credenciais

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *