Quanto o seu Smartphone te custa?

dez 4 • Psicologia, ServiçoNenhum comentário em Quanto o seu Smartphone te custa?

Em que momento desenvolvemos esta nova habilidade de conseguir se fazer ausente na presença? Se lembra exatamente do momento especial de seu filho, em que você filmava para poder postar? Qual a roupa que você usava, as cores, sons e aromas do momento? O que você estava sentindo? É uma pena  isso não fica gravado no vídeo que você compartilhou….

Smartphone atualmente é um item indispensável atualmente, não há dúvidas.

Queremos  ganhar tempo! (Ah, o tempo! Substitua  “tempo” por “vida”. É possível que isso provoque mudanças em você). Não há mal em aproveitar o tempo livre e ao simples toque de seu dedo se conectar. O problema é quando aproveita pra ver se “aquele” e-mail chegou, no momento que não pode cuidar do assunto. Atitude ansiosa e  improdutiva!  Outro sentimento comum associado ao acesso demasiado as redes  é “vazio”.  Inquietude por há muito não checar mensagens, ou quando o post teve poucos “gostei”. Você deveria sentir isso? O que acontece se desconectar?   Ninguém mais suporta ficar sozinho. E sabe porquê? No silencio temos a oportunidade de nos auto conhecermos. Será que vai gostar de você? Vou te contar um segredo:  comparamos o nosso bastidor com o palco do outro. É claro que a maioria de nós vai mostrar externamente o que tem de melhor – alguns exageram. E a auto crítica fala alto demais e gera angústia, ansiedade, vazio…. Quanto mais buscamos satisfazer regras e comportamentos externos ao nosso coração, mais nos afastamos de nossa essência, e menos sabemos quem somos. Menos presente nos fazemos conosco.

Teste agora: Procure se lembrar de um momento muito intenso e marcante da sua vida. Reviva esta cena, e responda: Nesta lembrança, aonde estavam seus pensamentos, sua atenção, seu foco? Aposto e ganho que você estava em pleno estado de presença na cena relembrada, certo? Quando vivemos no AQUI e AGORA as nossas experiências são muito mais intensas. Nossa atitude interna com as pessoas que convivemos se modifica. Percebemos melhor o que se passa ao nosso redor e nos importamos mais com o nosso semelhante. Isso, sem dúvida, gera empatia e relacionamentos mais saudáveis e duradouros.

Smatphone ajudam demais, e tiram o foco. Estado de presença para realizar as tarefas mais simples é algo que traz tranquilidade e, ao contrário do que muita gente pensa, ganho de tempo.

 

Karina Sandolin – Coach| Palestrante|Terapeuta Integrativa

 

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »