Programa Recomeça beneficiará profissionais como cabeleireiros e manicures

Programa Recomeça deve dar novo fôlego aos profissionais

Cabeleireiros e manicures foram muito afetados por restrições durante a pandemia

O Programa Recomeça, primeira ação lançada do Paes (Programa de Ativação Econômica e Social), vai beneficiar pequenas e microempresas e também os Microeempreendedores Individuais (MEIs) da cidade.

O setor de beleza está entre os que poderão obter empréstimos de até R$ 50 mil a juros mais baixos e com carência para o início dos pagamentos.    

As manicures e os cabeleireiros, profissionais que comemoraram seu dia nesta semana – 18 e 19 de janeiro, respectivamente – estão entre os mais afetados pela pandemia, por conta das restrições que foram adotadas.    

De acordo com dados da Receita Federal, em Campinas, os cabeleireiros que atuam como MEIs somam mais de 6,8 mil profissionais.

Outros 2.194 estão cadastrados com o CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) de tratamento de beleza, no qual estão incluídas as manicures.   

“A pandemia prejudicou diversos setores da economia, por isso lançamos o Paes, que visa a retomada econômica da cidade e ao mesmo tempo reparar as perdas causadas por conta das restrições, essenciais naquele momento”, disse o prefeito Dário Saadi. “Cabeleireiros e manicures, que comemoraram seus dias nesta semana, estão entre os que poderão aderir ao Recomeça”, completou.    

Recomeça 

A previsão da Prefeitura é que os empréstimos comecem a ser oferecido em meados de fevereiro. Até o dia 24 de janeiro, permanece aberto o edital de chamamento público para a escolha da Sociedade Garantidora de Crédito, que dará aval para as operações.    

Após a seleção da entidade, haverá o credenciamento das instituições financeiras.    

Os micro e pequenos empresários e os microempreendedores individuais (MEIS) interessados no empréstimo devem procurar um dos bancos credenciados e solicitar o recurso.

O aval final será dado pela Sociedade Garantidora de Crédito, que terá R$ 10 milhões para serem utilizados como garantia de pagamento dos empréstimos.    

O Recomeça vai oferecer empréstimos de R$ 5 mil a R$ 50 mil para micro e pequenas empresas e até R$ 30 mil para microempreendedores individuais (MEIs), com juros mais baixos, parcelamento em até 36 meses e carência de seis meses para começar a pagar a dívida.   

Leia também: Pandemia aumenta casos de terçol

Paes 

O Plano de Ativação Econômica e Social (Paes), lançado em julho, prevê R$ 4 bilhões em investimentos e a geração de 20 mil empregos.   O Programa é dividido em cinco eixos:  Estímulo à retomada da atividade econômica;  Consumo das famílias; Proteção Social e geração de empregos;  Capacitação/Qualificação; e Melhora no ambiente de negócios.

JORNAL DO CASTELO

Clovis Cordeiro

Read Previous

Castramóvel concluirá castração gratuita de cães e gatos

Read Next

Prefeitura faz Reforço e recuperação da sinalização viária

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.