RG digital: startup auxilia brasileiros a tirarem o novo documento obrigatório em todo o país

Unidade do Ponto Fácil

O RG Digital foi instituído por meio de um novo decreto e o governo federal já anunciou que todos os brasileiros deverão adotar este modelo de carteira de identidade. O documento irá funcionar como um cadastro único padronizado por todo o Brasil, a partir do CPF. A obrigatoriamente para regularizar o novo documento é até 3 de março de 2023. Para facilitar a obtenção do novo documento, a govtech Ponto Fácil oferece o serviço de emissão do documento, além de contar com colaboradores especializados no atendimento à população para esclarecer qualquer dúvida desse ou outros documentos.
Anteriormente, cada estado possuía uma numeração para o Registro Geral, conhecido como RG. A ideia do novo modelo é unificar pelo território nacional todos os cadastros de pessoas físicas. O RG digital utiliza o CPF e um QR Code para gerar uma identificação eletrônica, disponível online e offline. O modelo também serve como documento de identificação em viagens para países do MercoSul. A possibilidade é dada por meio da emissão do código MRZ (Machine Readable Zone), que atende a padrões internacionais.
“Muitas pessoas não têm facilidade ou acesso de qualidade a internet para fazer esse processo. A Ponto Fácil tem o objetivo de tornar esse e todos os serviços digitais mais acessíveis e trazer soluções descomplicadas para atender o público. Por isso, aqui fazemos a consulta e a regularização facilmente, sem burocracia e com toda orientação necessária”, afirma o CEO da Ponto Fácil, Felipe Caldas.
Com a medida, o número de identificação também poderá ser utilizado em certidões de nascimento, casamento e óbito, como identificação perante o INSS, na carteira de trabalho ou de motorista e em outros documentos. A validação eletrônica torna processos mais seguros, já que reduz a possibilidade falsificação de documentos.
Além da emissão do RG Digital, a Ponto Fácil oferece mais de mil serviços e produtos digitais e financeiros, como regularização do título de eleitor, viabilização de certidões e documentos (CPF, RG, CNH e outros) consulta a cadastros restritivos, negociação de dívidas, serviços do Poupatempo e Detran, benefícios sociais e INSS, entre outros. Ao optar pelo modelo de franquias, a empresa se tornou a primeira franquia fintech do Brasil.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CASTELO NO YOUTUBE

Clovis Cordeiro

Read Previous

Teatro Oficina do Estudante traz Miá Melo, Bruna Louise e peças infantis no feriado de Tiradentes

Read Next

Procon-SP notifica Corinthians

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.