Campinas tem 94,75% dos leitos de UTI-Covid ocupados

Leitos preparados para UTI/Divulgação PMC

São mais de 200 pacientes aguardando leitos de enfermaria e de UTI para tratamentos respiratórios

Nesta terça-feira, 23/03, Campinas conta com um total de 419 leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 nas redes pública (municipal e estadual) e particular. Deste total, 397 estão ocupados, o que corresponde a 94,75%. Há 22 leitos livres na rede particular e nenhum público. O Hospital Mário Gatti abriu mais 5 leitos de UTI nesta segunda-feira, 22, já somados a este total. Para mais disponibilizar mais leitos, o município ainda aguarda a abertura do hospital de campanha, prevista até o final deste mês.

Segundo informou a Secretaria Municipal de Saúde, há 209 pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) na fila de espera, precisando de leitos de enfermaria e de UTI hoje, dia 23/03.

Hospital Mário Gatti/Divulgação PMC

Os leitos estão divididos da seguinte forma:

SUS Municipal: 152 leitos, dos quais 152 estão ocupados, o que equivale a 100%. Não há leito livre.

SUS Estadual: 40 leitos, dos quais 40 estão ocupados, o que corresponde a 100%. Não há leito disponível.

Particular: 227 leitos, dos quais 205 estão ocupados, o que equivale a 90,31%. Há 22 leitos aptos.

Novos leitos

Cinco novos leitos de UTI foram abertos nesta segunda-feira, 22 de março, no Hospital Mário Gatti. Com isso, o SUS Municipal passa a contar com 154 leitos para atender pacientes graves. Neste início de 2021, o SUS Municipal contava com 74 estruturas. Com as recentes novas abertura, o número atual é 108,1% maior que a disponibilidade de leitos em janeiro último.

Ainda nesta semana devem ser abertos mais cinco leitos de UTI no Hospital Mário Gatti e outros cinco no Hospital Metropolitano. De acordo com o presidente da Rede Mário Gatti, Sérgio Bisogni, a dificuldade da abertura de mais estruturas se deve à dificuldade de contratação de profissionais para atuarem nos cuidados dos pacientes.

Hospital de Campanha

Além da ampliação de leitos de UTI, nas próximas semanas será reaberto o Hospital de Campanha, com 36 leitos de enfermaria. O prefeito de Campinas, Dário Saadi, tem buscado alternativas junto ao Estado, que se comprometeu a abrir mais leitos de UTI e de enfermaria no AME (Ambulatório Médico de Especialidades) até o final do mês.

Atendimento exclusivo de casos de Covid-19

Na última semana foram implantados mais dez leitos de UTI no Ouro Verde, que passou a ser um hospital com atendimento preferencial de Covid. No final de semana, 14 Centros de Saúde ficaram abertos para atender sintomáticos gripais e, dessa forma, diminuir os atendimentos nos hospitais.

A Prefeitura de Campinas ressalta a importância de seguir as medidas sanitárias determinadas por decreto municipal, como forma de diminuir a transmissão da Covid-19 na cidade.

Read Previous

Unicamp realiza versão inédita da Olimpíada de Matemática

Read Next

São Paulo anuncia vacinação de profissionais da Educação e de Segurança Pública

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *