Casa da Criança Paralítica lança campanha “Abrace uma Família”

Sede da Casa da Criança Paralítica em Campinas/Divulgação

O objetivo é auxiliar as famílias em situação de vulnerabilidade social e que estão sem auxílio governamental a cobrir os gastos básicos

Com o agravamento da situação financeira de parte da população em razão da pandemia de Covid-19, a Casa da Criança Paralítica (CCP), de Campinas, sensibilizada com a situação das famílias de seus pacientes, inicia neste mês de maio a campanha “Abrace uma Família”. O objetivo é auxiliar as famílias em situação de vulnerabilidade social e que estão sem auxílio governamental a cobrir os gastos com gás de cozinha, medicamentos, suplementos alimentares e fraldas. A campanha está prevista para durar até dezembro próximo. “Nosso Serviço Social vai acompanhar de forma sistemática as famílias que serão inseridas nessa campanha e receberão o benefício”, explica Jonas Lobo, presidente da CCP.

Inicialmente, a campanha contemplará 65 famílias em situação de vulnerabilidade social, entre os 368 pacientes atendidos hoje pela organização – a maioria de baixa renda. Quem quiser colaborar com a campanha deve fazer uma colaboração mensal de R$ 200,00 à Casa da Criança Paralítica. “Esperamos contar com mais esse apoio da comunidade de Campinas para que nos auxiliem nessa campanha, por meio de doação em dinheiro”, diz Jonas Lobo.

A CCP oferece atendimento gratuito especializado a crianças, adolescentes e jovens com deficiência física e comprometimento neurológico nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, médica, odontologia, psicologia, nutrição, serviço social e pedagogia, além de orientação às famílias. É certificada como Organização com Boas Práticas em Transparência e Gestão pela Phomenta, que integra o Comitê Internacional de Monitoramento de ONGs. A certificação segue os princípios de ética do Comitê e tem como objetivo desenvolver boas práticas em transparência e gestão para as organizações e proporcionar confiança aos parceiros e à sociedade civil.

Entrega de cestas básicas

Paralelamente, a CCP mantém a campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis e cestas básicas para ajudar cerca de 200 famílias de pacientes atendidos pela instituição que também se encontram em situação de vulnerabilidade social agravada pela pandemia. A instituição já recebeu mais de 400 cestas básicas e cerca de 2 mil quilos de alimentos avulsos da sociedade.

“Qualquer doação é bem-vinda para compor as cestas básicas que começamos a distribuir em abril às famílias. Só temos a agradecer pela generosidade da comunidade para com nossos pacientes”, observa o presidente da CCP. Segundo ele, muitos pais e mães dos atendidos perderam o emprego formal ou informal e estão passando por situações financeiras graves.

Jonas Lobo ressalta que, mesmo durante o período de pandemia, a Casa da Criança tem mantido atendimento de emergência presencial às crianças e adolescentes que fazem tratamento na instituição. Para os demais casos, o atendimento está on-line. E ainda destinou uma ala da instituição para a campanha de vacinação contra a Covid-19, realizada pela Prefeitura de Campinas.

Como doar

Quem quiser ajudar com a doação de alimentos não perecíveis ou cestas básicas, a Casa da Criança Paralítica está localizada na rua Pedro Domingos Vitali, 160, Parque Itália, em Campinas.

Doações em dinheiro: R$ 80 (para a campanha de cestas básicas), R$ 200 (campanha “Abrace uma Família”) ou qualquer outro valor: Banco do Brasil – Agência 2857-6; conta corrente 310000-6, CNPJ: 46.042.370/0001-92 ou pelo PIX 1997170 9726. O comprovante de doação deverá ser encaminhado pelo WhatsApp (19) 97170 9726.

Read Previous

Lemos School chega para inovar no meio jurídico

Read Next

Pesquisa revela porquê algumas pessoas estão com fome o tempo todo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *