Dia Mundial de Conscientização do Parkinson é comemorado com coral e dança

A Associação Campinas Parkinson (ACP) comemora o Dia Mundial de Conscientização da Doença de Parkinson com um sarau cultural, marcando as primeiras apresentações  do ‘Nosso Coral’ e ‘Grupo de Dança’, reunindo associados da entidade. Os cantores da ACP, todos parkinsonianos, vão cantar músicas francesas, tango, paródias e outras apresentações artísticas. O sarau acontece no dia 13 de abril, sábado, das 10 às 13 horas, na sede da ACP – Rua Irmã Maria de Santa Paula Terrier, 195, Vila Proost de Souza – Casarão do Lar dos Velhinhos, em Campinas.

O Dia Mundial de Conscientização da Doença de Parkinson – 11 de abril, marca a data de nascimento de James Parkinson, médico inglês, que em 1817 publicou pela primeira vez um estudo sobre a doença, que assim seria denominada em sua homenagem. 

Passados 202 anos, a discriminação ainda é o principal problema, na avaliação do presidente da Associação Campinas Parkinson (ACP), Omar Abel Rodrigues, ele mesmo portador da doença há 19 anos. “O maior desafio da Associação é descobrir os portadores de Parkinson. Somente no município de Campinas a estimativa é de mil portadores da doença. Pelas características do Parkinson, que em geral provoca tremores nas pessoas, elas têm vergonha, se sentem discriminadas e se escondem dentro de casa. Nosso trabalho está voltado para a inclusão social dessas pessoas”, explica o presidente da ACP.

Perfil  

A Associação Campinas Parkinson foi fundada em 15 de setembro de 2007 e é uma entidade sem fins lucrativos e declarada de utilidade pública municipal. Sua missão é ajudar e compreender a enfermidade, o tratamento e os recursos existentes para a melhoria da qualidade de vida da pessoa com Parkinson e de seus familiares. Seu objetivo é acolher, apoiar, informar por meio de eventos, palestras, festas, passeios e orientações dos direitos do portador da doença.

A doença costuma aparecer depois dos 60 anos, mas 10% dos pacientes têm menos de 50 anos e 5% têm menos de 40. Ela ocorre pela perda de neurônios do Sistema Nervoso Central (SNC), em uma região conhecida como substância negra. Os neurônios dessa região sintetizam o neurotransmissor dopamina, cuja diminuição nessa área provoca sintomas clínicos, principalmente motores, característicos da doença de Parkinson.

Os contatos da Associação Campinas Parkinson: (19) 9-9602-0408/9-9792-6233. Site:www.campinasparkinson.org.br e e-mail: acpcampinas@yahoo.com.br.

Read Previous

Campinas Decor 2019 terá espaço para o Grupo Primavera

Read Next

Plataforma online facilita aluguel de imóveis estudantis

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *