Festival Brasil-Holanda promove intercâmbio para estudantes de música

A programação abrange workshops, lives e apresentações de jazz, pop e música brasileira para alunas e alunos dos dois países 

A Santa Marcelina Cultura e o Conservatório de Amsterdã realizam o 1º Festival Elos Sonoros Brasil-Holanda, com apoio do Consulado Geral dos Países Baixos em São Paulo. Entre os meses de novembro e dezembro de 2020, estudantes da EMESP Tom Jobim, do Guri Capital e Grande São Paulo e do Conservatório de Amsterdã terão a oportunidade de participar de workshops, lives eapresentaçõeslideradas por professores e professoras das duas instituições com tradução simultânea inglês-português. A programação contempla atividades exclusivas para os estudantes das instituições e também atividades abertas ao público em geral que serão transmitidas no YouTube da EMESP Tom Jobim (https://www.youtube.com/user/TJEMESP), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerida pela Santa Marcelina Cultura.  

A programação iniciou no dia 20 de novembro com workshops de trombone e trompete, apresentados pelos professores Sidnei Borgani e Daniel D’Alcantara, respectivamente. No dia 23 acontece o Encontro de Arranjadores e Compositores, liderado por Tiago Costa, professor de Orquestração da EMESP Tom Jobim e regente da Orquestra Jovem Tom Jobim, e por Johan Plomp, professor de contrabaixo do Conservatório de Amsterdã. 

Considerando o momento atual, em que cada vez mais os músicos são chamados a refletir sobre a sua prática profissional, artística e acadêmica, acontece no dia 1º de dezembro um webinar sobre Educação Musical. A atividade será liderada por Ben Hekkema, professor de mestrado em educação musical do Conservatório de Amsterdã, e contará com a participação de Paulo Zuben, diretor artístico-pedagógico da Santa Marcelina Cultura, e Giuliana Frozoni, gestora pedagógica da instituição. 

No dia 6 de dezembro haverá uma roda de conversa virtual entre integrantes da Big Band do Guri Capital e Grande São Paulo, estudantes dos 1º e 2º ciclos da EMESP Tom Jobim e do Junior Jazz College. Eles serão estimulados a trocar experiências sobre estudar e fazer música em seus contextos, além de tocar trechos de peças próprias de seus respectivos repertórios, sob orientações da professora de saxofone popular da EMESP Tom Jobim, Paula Valente; do professor de trompete e trombone popular, Sidnei Borgani; da coordenadora do programa Junior Jazz College, Maartje Meijer; e do professor de trompete do Conservatório de Amsterdã, Lorenzo Mignacca 

O recém-criado Departamento de Pop do Conservatório de Amsterdã será apresentado durante o Festival pelo diretor do Departamento de Jazz e Pop do Conservatório, Edo Righini, e pelo coordenador Jack Pisters, sob mediação de Paulo Zuben e Giuliana Frozoni. A atividade acontece no dia 2 de dezembro, às 13h.  

A programação contempla ainda uma roda de conversa sobre a posição e participação das mulheres no jazz e um ensaio de naipe aberto. As atividades serão conduzidas pelas professoras da EMESP Tom Jobim, Paula Valente e Lis de Carvalho, que também integram a big band feminina Jazzmin’s, além das professoras do Conservatório de Amsterdã, Anna-Marie Nietsche e Loes Rusch. Na ocasião as professoras vão trocar vivências e experiências musicais dos dois países. 

Read Previous

Prefeitura atualiza números do novo coronavírus em Campinas nesta terça-feira, dia 24

Read Next

“Apagar o Histórico” estreia nos cinemas dentro do Festival Varilux de Cinema Francês

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *