“Apagar o Histórico” estreia nos cinemas dentro do Festival Varilux de Cinema Francês

Comédia acompanha o desespero de três amigos na era digital

 “Apagar o Histórico”, de Gustave Kervern e Benoît Delépine, chega às telas de cinema do Brasil. Trama é vencedora do Urso de Prata na última edição do Festival de Berlim e integra a programação do Festival Varilux de Cinema Francês 2020, que acontece desde 19 de novembro e segue até 03 de dezembro. A programação completa pode ser conferida no site: http://variluxcinefrances.com/2020

A comédia já foi vista por mais de 500 000 espectadores na França e é um dos destaques da programação do Festival, com exibição em diversas salas de cinema. O elenco é formado por um grupo de espirituosos anti-heróis.

.

Cenas do filme Apagar o Histórico/Divulgação

Sinopse

Os atores Denis Podalydès (Bertrand), Blanche Gardin (Marie) e Corine Masiero (Christine) protagonizam personagens descentrados, mas movidos pelo desejo profundo de retomar o controle, de lutar contra robôs e algoritmos impostos pelo sistema. Eles dão vida aos três vizinhos residentes em um loteamento no interior da França e que se descobrem vítimas das novas tecnologias digitais.  Marie é mãe, divorciada, apreciadora de bebidas alcoólicas e alvo de chantagem devido a um vídeo de conteúdo sexual. Bertrand é chaveiro, viúvo e precisa defender a filha de uma perseguição nas redes sociais. Christine, motorista de carros de aluguel, se mostra inconformada ao constatar que as notas dadas por seus clientes se recusam a melhorar e ela precisa aumentar o número de avaliações positivas para garantir seu emprego. Juntos, mas cada um com suas particularidades e exageros, eles decidem declarar guerra aos gigantes da Internet, mesmo que isso pareça uma batalha perdida. Uma realidade incontrolável e também incompreensível para a grande maioria das pessoas conduz a trama, que diverte e faz pensar sobre o quanto somos vítimas ingênuas e inábeis diante das promessas e desenvolturas do mundo digital.

O Festival Varilux de Cinema Francês 2020

Um clássico e 17 longas-metragens inéditos e recentes (2019/2020) da cinematografia francesa integram a seleção do Festival Varilux 2020 que acontece em todo país nos cinemas de 19 de novembro a 3 de dezembro. Entre eles, um documentário e 17 longas de ficção com gêneros como comédia, drama e animação. Devido à pandemia do novo coronavírus, alguns exibidores terão a opção de programar o festival em datas diferentes – até o final de fevereiro de 2021. O importante, de acordo com a Bonfilm, produtora do evento, é que as produções cheguem ao público em todo Brasil e contribuam para a retomada dos cinemas do país.

Read Previous

Festival Brasil-Holanda promove intercâmbio para estudantes de música

Read Next

Brotas tem o melhor trimestre em cinco anos no turismo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *