Museu de Arte Contemporânea recebe a exposição “Condição de Chegada”

O Museu de Arte Contemporânea de Campinas “José Pancetti” recebe a partir desta terça-feira, 15 de junho, até 10 de setembro, a exposição ‘Condição de Chegada’, do arquiteto e artista visual, Alexandre Silveira. A visitação é aberta ao público, mas com capacidade reduzida de 25%. Também deverão ser obedecidas as medidas sanitárias como o uso de máscara, álcool em gel e distanciamento. O MACC está aberto de segunda a sexta, das 9h às 17h, com entrada gratuita.

A curadoria é de Allan Yzumizawa e a exposição, na forma de instalação, remete à escrita antiga e usa como material, a areia. “É uma instalação e terão também outros trabalhos que serão acrescentados durante os três meses. É como se a exposição fosse crescendo e se modificando ao longo desse período“, explica o artista visual.

Condição de Chegada começou a ser escrita no chão do MARP – Museu de Arte de Ribeirão Preto em exposição aberta na semana passada. “No MACC, continuará sendo escrita como uma ligação entre os trabalhos e entre museus”, diz Alexandre Silveira, bacharel em arquitetura e urbanismo e atualmente é mestrando do IAU – Instituto de Arquitetura e Urbanismo da USP São Carlos.

Suas obras transitam por linguagens variadas, processos que de algum modo são contaminados pela sua formação em arquitetura. Investiga conteúdos físicos e simbólicos da cultura humana, seus paradigmas e suas implicações históricas no indivíduo e no processo de construção de subjetividades morais e hegemônicas.

Read Previous

Campinas tem 93,75% dos leitos de UTI-Covid ocupados nesta segunda, 14

Read Next

Copa América: SBT é líder em cinco praças e registra a maior audiência em São Paulo desde 2008

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *