RMC fecha 34.945 postos de trabalho no primeiro semestre de 2020

Lojas fechadas pela pandemia resultam em demissões/Divulgação

Em Campinas foram 15.894 demissões no período, o equivalente a 45% da região onde o número chegou a 34.945 desempregados

Em junho, foram eliminados 2.325 postos de trabalho com carteira assinada na Região Metropolitana de Campinas. Em Campinas, no mesmo mês, foram 1.395 postos a menos, de acordo com avaliação é da Associação Comercial e Industrial de Campinas (Acic). Tomandos-e como base os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), no acumulado do ano (janeiro a junho) foram eliminados 34.945 postos de trabalho na RMC, sendo 15.894 Campinas, que a cidade representa 45,5% do total dos postos eliminados na RMC.

“Destaca-se que a maioria dos postos de trabalho eliminados foram no setor de Serviços, seguido pelo setor do Comércio e, por fim, pela Indústria. Os atuais números continuam preocupantes, com uma forte tendência para as demissões, o que contribui para a elevada taxa de desemprego, que deve chegar acima de 12,9% na RMC.”, afirma o economista da Acic, Laerte Martins. Em nível nacional, foram eliminados 10.984 postos de trabalho em junho. De janeiro a junho, o total foi de 1.155.101 postos de trabalho eliminados.

Laerte Martins, economista da Acic/Divulgação

Read Previous

Sequelas da Covid-19 podem persistir por longo período

Read Next

Centro Paula Souza inclui aulas de Espanhol

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *