Somente 3 por cento dos brasileiros receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19

A vacinação contra a Covid-19 no Brasil segue a passos lentos. Até o momento o país aplicou a primeira dose em 7.255.888 pessoas. O número de brasileiros que já receberam a segunda dose da vacina é de apenas 2.236.720, ou seja, muito menos do que previam as autoridades em saúde. A situação deve melhorar com a compra de vacinas já autorizada pelo Ministério da Saúde.

Ao todo o Brasil aplicou 9.492.608 doses, o que representa apenas 3,4% da população. Os vacinados com as duas doses somados chegam aproximadamente a 1% da população nacional.

Nova compra

O Ministério da Saúde informou que tem contratos alinhados para a compra da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19. Além disso, com a aprovação do Projeto de Lei nº 534/2021 pela Câmara dos Deputados, a pasta oficializou intenção de adquirir 138 milhões de doses das vacinas da Pfizer e da Janssen. 

A proposta autoriza que o governo federal, estados e municípios assumam riscos de indenização de cidadãos em caso de efeitos adversos das vacinas. Essa era uma das exigências da Pfizer e que vinha travando as negociações com o Ministério da Saúde. 

Em documento publicado no Diário Oficial da União da quarta-feira (3), o governo prevê a dispensa de licitação na compra. Assim, ela será feita diretamente com as empresas. O governo federal pretende comprar 100 milhões de doses da Pfizer e 38 milhões junto a Janssen. 

De acordo com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a expectativa é de que as doses estejam disponíveis para aplicação na população a partir de maio. Ontem, o Brasil registrou 1.840 mortes pela Covid-19, o maior resultado para um dia desde o início da pandemia.

Fonte: Brasil 61

Read Previous

Sanasa fará obra de melhoria na oferta de água na região do Jardim Chapadão

Read Next

“Não é Fuxico, é Arte” será lançada dia 8 de março

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *