Brasil começa a produzir vacinas internamente a partir de 20 de janeiro

Foto: Hakan Nural (Unsplash)
Vacina AstraZeneca/Oxford será produzida no Brasil/Imagem Divulgação

Os ingredientes farmacêuticos ativos (IFAs) importados em meados de janeiro pela Fundação Oswaldo Cruz chegaram e, agora, será possível produzir a vacina AstraZeneca/Oxford no Brasil. A previsão é começar a produção a partir do dia 20 deste mês. O imunizante previne contra a Covid-19 e já começou a ser aplicado no Reino Unido. Por meio de um acordo de transferência de tecnologia, o Complexo Industrial de Bio-Manguinhos da Fiocruz, foi preparado para processar o IFA e deve entregar o primeiro milhão de doses ao Ministério da Saúde até o dia 12 de fevereiro.

Escalas


A estimativa do laboratório é de que a produção ganhe maior escala nas semanas seguintes. A partir de 22 de fevereiro, Bio-Manguinhos deve entregar 700 mil doses diárias ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). No acordo entre o governo federal, a farmacêutica AstraZeneca e a Universidade de Oxford, estão previstas mais de 100 milhões de doses a serem produzidas no primeiro semestre deste ano com ingrediente farmacêutico ativo importado.

Fonte: Brasil 61

Read Previous

Governo revisa critérios e requalifica Plano SP

Read Next

Ministério Público do Trabalho e Unicamp oferecem testes gratuitos de Covid-19 a entregadores

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *