Câmara aprova projeto que permite comércio em novos pontos de Campinas

Projeto de lei complementar do prefeito Dário Saadi, que vai permitir a instalação de mais atividades comerciais, de serviços e institucionais na Zona Mista 1 (ZM1) de Campinas, foi aprovado na legalidade na manhã desta quarta-feira, 12 de maio, na Câmara Municipal.  

 Assim que o projeto for aprovado no mérito e sancionado pelo prefeito, mais 2.375 atividades de baixa e média incomodidade poderão se instalar na ZM1, o que alavancará o desenvolvimento econômico de bairros das regiões incluídas nesse zoneamento. 

  Atividades como padarias, supermercado, farmácias, clínicas, que atualmente são permitidas apenas nas vias arteriais (avenidas), poderão se instalar também nas vias coletoras, que são as que levam o tráfego para as vias arteriais, de bairros das regiões do Campo Grande e Ouro Verde, Taquaral, Amarais, Vila Brandina, entre outros.  

 O projeto altera a lei de uso e ocupação do solo, de 2018, e com a mudança, atividades de comércio varejista, serviços e institucionais de média incomodidade e comércio atacadista de baixa incomodidade poderão se instalar também nas vias coletoras.   Outra alteração estabelece que novos empreendimentos, parcelamento do solo e glebas em processo de cadastramento em toda a cidade deverão ter calçadas com cinco metros de largura nas vias arteriais, de quatro metros nas coletoras, e de três metros nas vias locais. A definição dessas metragens permite arborização e sinalização de paradas de ônibus sem prejuízo da circulação de pedestres.

Read Previous

STF JULGA HOJE “Tese do Século” – sobre exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS e da COFINS

Read Next

Estudante campineira participa do concurso Miss Brasil Real

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *