Campinas adia reabertura do comércio e outras atividades

O adiamento será por mais uma semana até 08 de junho

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, adia a abertura do comércio da cidade, que deveria acontecer na próxima segunda-feira, dia 1. Assim, flexibilização gradual das atividades comerciais somente deverá acontecer na próxima segunda, dia 8.

A decisão foi anunciada hoje, 30 de maio, em entrevista pela internet. Jonas explicou que a decisão foi tomada devido ao aumento de pacientes internados em UTIs, muitos vindos dos municípios da região. Segundo o prefeito, outro motivo é a impossibilidade do aumento no número de 30 leitos de UTI, no SUS, que estava previsto para dia 1, segunda-feira.

Ainda durante mais esta semana de quarentena, a equipe da Prefeitura de Campinas irá trabalhar e ajustar os últimas detalhes do Decreto Municipal que deverá ser publicado no Diário Oficial do Município até a próxima sexta-feira, 05 de junho, e trará regulamentos para a abertura consciente.

A decisão de adiar a abertura frustrou muita gente, principalmente o comércio que tem uma data importante em junho, que é o Dia dos Namorados, quando há um aumento nas vendas de vários setores.

No momento, poderão permanecer em funcionamento apenas os serviços considerados essenciais, farmácias, supermercados, serviços de segurança, oficinas elétricas, automecânicas e lojas de pneus. Padarias, lanchonetes e restaurantes podem atender pelos sistemas drive-thru de delivery.

Read Previous

Propostas para reforma do Convivência são abertas

Read Next

Bandeira verde será mantida no ano inteiro, anuncia ANEEL

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *