Em Campinas, ONG arrecada alimentos para o Sertão da Bahia

Fraternidade sem Fronteiras faz campanha regional para arrecadar alimentos para famílias do sertão baiano. Doações podem ser feitas no Núcleo FSF Campinas até 16 de novembro

Após ter arrecadado na Região Metropolitana de Campinas (RMC) 29 toneladas de alimentos e roupas para duas campanhas: “Brasil, Um Coração que Acolhe” (destinados aos refugiados da Venezuela, em Roraima) e “Madagascar Fome e Sede” (aos órfãos de Madagascar, na África), a Organização Humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) inicia uma nova ação de arrecadação de alimentos. Dessa vez, a missão será a de levar comida à mesa de famílias do sertão da Bahia, que são acolhidas pelo projeto Liga do Bem Transformado o Sertão.

https://mail.globo.com/webmail/?_task=mail&_action=get&_mbox=INBOX&_uid=181630&_part=3&_extwin=1&_mimewarning=1&_embed=1
Campanha da Fraternidade Liga do Bem/Foto: Nelinho Chagas

As doações deverão ser entregues até 16 de novembro no Núcleo FSF Campinas (Rua Costa Aguiar, 73, Centro, em Campinas), local onde funciona um bazar permanente da FSF, nos seguintes horários: segundas e quartas, das 9h às 16h, e aos sábados, das 8h às 13h.

De acordo com Ranieri Dias, representante regional da FSF em São Paulo, a campanha tem a missão de arrecadar 4 toneladas de alimentos, que serão enviadas por caminhão até a cidade de Quijingue, na Bahia. “Novamente, contaremos com a sensibilidade das pessoas da RMC, tal como aconteceu nas últimas duas campanhas, para encher de esperança os corações e o prato desses nossos irmãos do sertão que necessitam de uma alimentação diária e digna. A situação está bem crítica naquela região”, conta Ranieri.

A ONG

A Fraternidade sem Fronteiras (FSF) é uma Organização Humanitária e Não-Governamental, com sede em Campo Grande (MS) e atuação brasileira (em vários estados do país) e internacional (Moçambique, Madagascar, Malawi e Senegal, na África). A instituição possui 45 polos de trabalho, mantém centros de acolhimento, oferece alimentação, saúde, formação profissionalizante, educação, cultivo sustentável, construção de casas e ainda, abraça projetos de crianças com microcefalia e doença rara.

Todos os trabalhos são mantidos por meio de doações e principalmente pelo apadrinhamento. Com R$50 mensais é possível contribuir com um projeto e fazer a diferença na vida de muitas pessoas. Entre seus maiores eventos estão: o IV Encontro Nacional Fraternidade sem Fronteiras, que será de 17 a 19 de abril de 2020, em São Paulo/SP/Brasil; e o I Encontro Internacional FSF, que será de 21 a 23 de agosto de 2020, em Biel/Bienne/Suíça.

Site: www.fraternidadesemfronteiras.org.br

Read Previous

Instituto CPFL e MAM-SP oferecem formação gratuita para educadores

Read Next

Ação no Sesc Campinas valoriza catadores de rua

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *