Estado de São Paulo investe R$101 mi no turismo em 2020

Os investimentos em obras e infraestrutura turística chegaram a R$ 101,9 milhões no Estado de São Paulo em 2020. Os repasses, feitos pela Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur), atenderam 150 cidades. Nesta primeira semana de agosto foram mais R$ 2,9 milhões.

A região de Campinas tem o maior número de municípios atendidos, 29, e a segunda maior parte da divisão dos recursos: R$ 19,6 milhões (19%), ficando atrás apenas da Baixada Santista, com R$ 28,8 milhões. Os destaques da região são Bragança Paulista, com R$ 5,5 milhões (terceira colocada no ranking das 150 cidades), Joanópolis, com R$ 1,4 milhão, Morungaba, R$ 1,3 milhão, além de Águas da Prata, Águas de Lindóia, Atibaia e Serra Negra, todas perto de R$ 1,2 milhão. As outras 22 cidades ficaram abaixo de R$ 1 milhão.

Os repasses priorizaram os municípios com obras em andamento, como parte da estratégia da Secretaria de Turismo para fazer frente ao impacto da covid-19 no setor. A continuidade preserva empregos locais e deixa os destinos turísticos mais bem preparados para o retorno dos visitantes, segundo a pasta.

Os recursos do Dadetur são destinados às 70 estâncias turísticas e aos 140 municípios de interesse turístico (MIT). Para terem acesso é preciso que adotem uma série de providências, como a aprovação do Conselho Municipal de Turismo local, plano de trabalho e projeto do que será executado. Caso o pedido seja aprovado, têm início os repasses, complementados de acordo com a evolução da obra.

Investimentos recentes

 Treze municípios dividiram os R$ 2,9 milhões repassados esta semana. Nuporanga e Brodósqui, na região de Ribeirão Preto; Caraguatatuba, no litoral norte; Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira; Ibitinga, na região de Araraquara; Bertioga, no litoral sul; Santa Fé do Sul, a noroeste do Estado, já na divisa com Mato Grosso do Sul; Itaóca, no Vale do Ribeira; Sud Menucci, na região de Araçatuba; Santo Expedito; região de Presidente Prudente; Cunha, no Vale do Paraíba; Águas de Santa Bárbara, região de Sorocaba; e São Pedro, regional de Campinas.

Read Previous

Pacientes têm aulas on-line enquanto esperam tratamento no Boldrini

Read Next

Empresa oferece 30 vagas para área de tecnologia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *