Fotografia é tema de exposições gratuitas no MIS Campinas

 Com temáticas voltadas ao segmento fotográfico, o Museu da Imagem e do Som (MIS) de Campinas recebe duas exposições simultâneas de 1º de dezembro a 10 de fevereiro, “Paralelas Cruzadas”, de Cássia Aranha; e “Rastros Analógicos”, de Lulu Ferreira. A entrada é gratuita. 

A mostra “Paralelas Cruzadas”, da artista visual Cássia Aranha, apresenta uma obra híbrida que conecta fotografia, arte móvel, videoperformance, literatura e realidade mista. A obra é baseada no livro “O Amor líquido”, de Zygmunt Bauman (1925-2017), que trata da fragilidade dos laços humanos na sociedade contemporânea e nos conceitos de Guy Debord (1931-1994). 
O intuito é criar uma experiência poética que explora as camadas da realidade virtual e real, onde o público possa visualizar o trabalho por meio da leitura de QRCodes sobrepostos em retratos dos performers anônimos. 
Já a exposição “Rastros Analógicos”, de Lulu Ferreira, explora o potencial poético das câmeras analógicas em diálogo com recursos tecnológicos de tratamento de imagens digitais. No percurso cria uma conexão entre a representação “vintage” e o olhar contemporâneo, transgredindo os limites das imagens captadas, a partir do processo de colorização artificial, semelhante ao surgimento dos cartões postais e da manipulação dos “retratos de família” antigos.
Serviço
Exposições “Paralelas Cruzadas”, de Cássia Aranha; e “Rastros Analógicos”, de Lulu Ferreira
Quando: de 1º de dezembro a 10 de fevereiro
Onde: Museu da Imagem e do Som de Campinas (Rua Regente Feijó, 859. Centro. Campinas).
Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h às 12h e das 14h às 20h; sábados, das 10h às 12h e das 14h às 16h.
Entrada gratuita. 

 

Read Previous

Paróquia São José lança campanha de restauração para o centenário

Read Next

Black Week do Jump Mania termina na sexta-feira, 30

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *