Grupo Rosa e Amor promove fórum sobre direitos do paciente com câncer

2º Fórum Rosa e Amor/Divulgação

Palestras e debates serão transmitidos nas redes sociais do Grupo Rosa e Amor, no próximo dia 20, às 17 horas

O Grupo Rosa e Amor, associação que assiste gratuitamente mulheres com câncer e seus familiares na região de Campinas (SP), promove no dia 20 de outubro o 2º Fórum Juntos pela Efetivação dos Direitos do Paciente com Câncer (versão digital), com o objetivo de discutir os direitos do paciente com câncer e a Lei nº 13.896/2019. Conhecida como Lei dos 30 Dias, prevê que o paciente não espere mais que um mês para ter a confirmação do diagnóstico, aumentando as chances de cura da doença. O evento destaca também, entre outros temas, a importância da implantação do teste genético no Sistema Único de Saúde (SUS).

O fórum, realizado no formato de webinar gravado, promove palestras e debates envolvendo especialistas da área médica oncológica, pacientes, artistas, formadores de opinião, representantes do movimento nacional Todos Juntos Contra o Câncer (TJCC) e da Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama), em duas horas de conteúdo especializado.

O evento tem a participação especial de Merula Steagall. Presidente da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale), Merula comanda o movimento Todos Juntos Contra o Câncer (TJCC), que congrega representantes de diferentes setores voltados ao cuidado do paciente com câncer, como gestores de saúde, entidades médicas, hospitais, profissionais de saúde, pesquisadores, profissionais de imprensa, associações de pacientes e outros, comprometidos com a garantia do direito do paciente ao acesso universal e igualitário à saúde.

Campanha da Femama

O fórum na versão digital destaca o tema da campanha da Femama: “3 Perguntas que Salvam #perguntapraela”. Para falar sobre a campanha que estimula a atitude e a ação para criar uma cultura de autocuidado e diagnóstico precoce, o fórum conta com a participação da mastologista Maira Caleffi, presidente da Femama. As três perguntas, mote da iniciativa da Femama, são estas: “Você tem observado sua mama?”, “Você já marcou seus exames anuais?”, “Você conhece seus fatores de risco?”.

Também no evento, as diferenças de acesso ao tratamento do câncer entre SUS e rede suplementar serão abordadas pelos profissionais do Grupo SOnHe. Implantação de teste genético para o SUS e inserção do paciente com câncer no mercado de trabalho (profissionais do AC Camargo) estão entre os conteúdos do fórum. O exame de detecção de mutação dos genes BRCA1 e BRCA2, oferecido gratuitamente pelo SUS a mulheres com histórico familiar de câncer de mama ou de ovário, está previsto no Projeto de Lei nº 265/2020. Estudos indicam que mutações nesses genes elevam em até 80% o risco de a paciente desenvolver estes dois tipos de câncer.

Márcia Camargo/Divulgação

Como palestrante no evento digital, a médica Márcia Camargo vai apresentar o projeto Salvando Vidas. Elaborada pelo Grupo Rosa e Amor, com o apoio da Prefeitura de Valinhos e da Roche Brasil, a proposta visa identificar dificuldades e propor soluções para a plena efetivação da Lei dos 30 Dias na região. A legislação é um benefício a todos os pacientes com câncer e vem para complementar a Lei dos 60 Dias (Lei nº 12.732/2012), em vigor em todo o território nacional, que preconiza o período máximo de 60 dias para o início do tratamento após a confirmação do diagnóstico. No projeto Salvando Vida, o público-alvo são as mulheres com câncer de mama.

O fórum é gratuito e será transmitido no dia 20 de outubro, a partir das 17h, no Facebook e YouTube do Grupo Rosa e Amor. O conteúdo será disponibilizado posteriormente nas redes sociais e também no site da associação: www.gruporosaeamor.org.br.

As perguntas enviadas via chat durante o fórum serão respondidas em futuras lives ao longo do mês de outubro.

Read Previous

Comprovação de vida para o INSS está suspensa até novembro

Read Next

Iguatemi Talks Fashion começa amanhã, 20 de outubro

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *