MRV apresenta suas práticas de sustentabilidade durante Fórum

Na abertura da segunda edição do Fórum Brasil de Gestão Ambiental (FBGA), sediado em Campinas, SP, a MRV apresenta as suas práticas sustentáveis. O diretor de Produção da MRV, Tulio Pereira Barbosa, afirma que a empresa está alinhada aos conceitos de sustentabilidade, de forma que utiliza essas ações sustentáveis durante o processo construtivo. “Deixamos também um legado de infraestrutura para o cliente e também aos bairros e às cidades onde a MRV atua. No ano passado, por essa atuação, a construtora foi convidada a mostrar esse case na ONU. Nesse sentido, a nossa participação no Fórum tem o objetivo de mostrar essas ações de sustentabilidade às autoridades e ao público”, acrescentou.

O FBGA acontece de 26 a 28 de junho, no Expo Dom Pedro, em Campinas e conforme o secretário do Verde do município e presidente da Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente (Anamma), Rogério Menezes, nos três dias devem passar 10 mil visitantes, com a presença de mais de 100 prefeitos, 400 secretários municipais e autoridades do setor. A programação inclui cerca de 50 atividades paralelas entre seminários, palestras, oficinas e workshops.

No estande da MRV o público conhece as inúmeras ações e projetos da construtora focados na sustentabilidade, melhoria da infraestrutura das cidades onde atua e na qualidade de vida de moradores e vizinhos de seus condomínios. Também serão mostrados em detalhes os projetos que fazem a MRV se destacar e influenciar o mercado da construção civil. “Somos signatários e estamos presentes na comissão do Pacto Global da ONU e nos comprometemos a buscar ações concretas para os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), contribuindo para atingir as metas para 2030. Hoje entregamos condomínios sustentáveis com itens como bicicletas compartilhadas; energia fotovoltaica; itens de consumo reduzido de água e coletores de resíduos recicláveis, lâmpadas de LED, que melhoram a qualidade de vida de nossos clientes. Ainda temos um projeto de carro elétrico compartilhado, que está em estudo e poderá contribuir com a mobilidade urbana”, acrescentou Tulio.

Read Previous

Oncologista de Campinas coordena consenso brasileiro para tratamento do câncer de próstata

Read Next

Parque das Bandeiras realiza Feira de Adoção sábado, 29 de junho

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *