Projeto Cultura Nipo-Brasileira promove mostra de vídeos

As inúmeras faces da presença da cultura japonesa no Brasil tomarm conta da sua timeline nos próximos dias. A mostra dos vídeos selecionados da edição 2020 do Projeto Cultura Nipo-Brasileira, que acontece exclusivamente no ambiente virtual, será realizada na página de Facebook do Projeto Cultura Nipo-Brasileira (facebook.com/projetoculturanipobrasileira).

Mari Maekawa/Foto:Corey Fox

Ao todo, são publicados 24 vídeos, divididos em três categorias: Contação de Histórias, Apresentação Artística (circo, dança, teatro e música) e Fotografia, que foram assinados por artistas de vários estados do Brasil. Todos, por sinal, selecionados por meio de um concurso, que contou com 57 inscrições.

 “O público pode esperar por uma mostra ampla e criativa da cultura nipônica no Brasil, com ótima abrangência de linguagens. Obras que mostram uma relação aprofundada com a cultura nipônica, por vezes longa, por vezes mais recente. Interessante notar também a presença tanto de aspectos tradicionais quanto contemporâneos que permeiam a cultura na intersecção dos dois países”, avalia o produtor cultural Guga Cacilhas.

Selecionado na categoria Apresentação Artística, o ator Allan Kawabata também destaca a importância do projeto na divulgação da cultura nipo-brasileira. “É muito relevante, ainda mais para mim, que sou um artista mestiço nipo-brasileiro. Além de dar visibilidade aos aspectos identitários do cruzamento cultural entre Brasil e Japão num enfoque artístico, também é uma oportunidade para evidenciar os artistas nipo-brasileiros e suas produções artísticas”, reconhece Allan.

Para Irene Tanabe, selecionada na categoria Contação de Histórias, o projeto cumpre a função de palco de trabalho para muitos artistas que estão parados por conta da pandemia. “Além de valorizar a ancestralidade e a tradição oriental e suas ramificações pelo mundo, o Projeto Cultura Nipo-Brasileira fomenta a produção de muitos artistas que passam a ter oportunidades em meio a esse cenário de distanciamento social”, conta Irene.

Com realização da Think Projetos e o apoio do Clube Cultural Recreativo Nipo-Brasileiro de Piracicaba e do Ideia Coletiva, o evento virtual, desenvolvido por meio da Lei de Incentivo à Cultura, conta com patrocínio da OJI Papéis Especiais.

Ao compreender todo esse cenário, que colabora no desenvolvimento e na democratização das artes no País, a OJI Papéis Especiais faz questão de apoiar o projeto. “O mundo virtual proporciona maior alcance, é o espaço real de democratização. E a Oji Papéis quer expandir a cultura nipo para os brasileiros para que possamos apreciar a profunda cultura de paz que o Japão tem para compartilhar”, conta Mônica Salles, gestora de Responsabilidade Social da empresa.

Programação

O quê:  Projeto Cultura Nipo-Brasileira: mostra de vídeos selecionados

Onde: Página de Facebook do Projeto Cultura Nipo-Brasileira (https://www.facebook.com/projetoculturanipobrasileira)

Read Previous

Ceia de Natal britânica é a aposta do Quintal Mediterrâneo

Read Next

Unicamp divulga locais da primeira fase do vestibular 2021 e protocolos de biossegurança

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *