Região Sudeste ganha pacote de ações estratégicas para estimular Turismo

Programa que conta, inicialmente, com R$ 200 milhões, tem por objetivo acelerar o desenvolvimento, aumentar a qualidade, gerar empregos e incrementar a competitividade em cinco rotas turísticas estratégicas da macrorregião

Mais de 30 municípios do Sudeste do país serão contemplados pelo programa Investe Turismo, desenvolvido conjuntamente pelo Ministério do Turismo, Sebrae e Embratur. A iniciativa vai levar um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria de serviços voltados para 15 regiões turísticas dos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. A meta é unir setor público e iniciativa privada para preparar e promover a competitividade de cinco rotas turísticas estratégicas em toda a macrorregião.

As cidades históricas de Minas Gerais, o litoral norte de São Paulo, a serra verde imperial e a região dos lagos do Rio de Janeiro, as montanhas capixabas, além de Guarapari e as capitais de cada estado serão beneficiados pelos investimentos, que serão de R$ 200 milhões para todo o país.  A ideia é que os projetos a serem implementados aumentem a qualidade da oferta turística na região Sudeste.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a intenção do programa é desenvolver as vocações do turismo nas rotas contempladas, fazendo da indústria de Viagens um impulso econômico para toda a região. “O Sudeste brasileiro contempla oferta turística ampla e diversificada, desde o acesso a patrimônios culturais, como as cidades históricas de Minas Gerais e Rio de Janeiro, a um vasto litoral, belo e bem estruturado, até uma forte concentração em viagens a negócios e eventos internacionais. É hora de converter nosso potencial turístico em negócios, empregos e renda” destaca o ministro.

O diretor-presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, avalia que a região Sudeste representa a diversidade da oferta turística do país. “Com atrativos que vão desde patrimônio histórico a sua capacidade de sediar eventos mundiais que dão visibilidade ao país. É aí que entra o Programa Investe Turismo, apoiando um conjunto de ações para fortalecer essa diversidade que dão a dimensão do que é o Brasil turístico”, ressalta.

Read Previous

Centro Médico participa do Campinas 2019 com cirurgias ao vivo

Read Next

Apresentações de orquestras marcam comemorações de 78 anos da PUC-Campinas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *