Unidade Móvel vai digitalizar processos da advocacia em Campinas

Entrada da Cidade Judiciária/Divulgação

Iniciativa da AASP – Associação dos Advogados de SP acontece entre os dias 09 e 13/08, na, Av. Francisco Xavier Arruda Camargo, nº 300, no Parque São Quirino, Próximo ao Fórum de Campinas, das 10h às 17h.

A Associação dos Advogados fará uma ação em Campinas entre os dias 09 e 13 de agosto. A unidade móvel do “Projeto Digitalização”, que consiste em digitalizar processos que estão em formato físico para atender de advogadas e advogados que não têm processo próprio de digitação. Assim, a ação ajudará a agilizar os processos paralisados nos tribunais devido à pandemia do coronavírus. Um veículo identificado especialmente para esse atendimento ficará estacionado na Av. Francisco Xavier Arruda Camargo, nº 300, Próximo ao Fórum Cível de Campinas, das 10h às 17h.

Para associados da AASP o atendimento é gratuito e para não associados haverá cobrança simbólica por volume digitalizado. O serviço é estendido aos profissionais do Direito de todo o Brasil.

Os profissionais da AASP organizarão cada processo em um mesmo arquivo, colocando-os nos padrões exigidos pelos tribunais que estão atuando neste momento virtualmente. Advogados e Advogadas que estiverem pela cidade no período em que a unidade móvel estiver no local também poderão digitalizar seus processos.

PROJETO DIGITALIZAÇÃO AASP | CAMPINAS

Data| 09 a 13/08

Horário| das 10h às 17h

Local| Av. Francisco Xavier Arruda Camargo, nº 300 – Próximo ao Fórum Cível de Campinas

Projeto Móvel

Lançado em maio deste ano, o “Projeto Digitalização” já percorreu 15 cidades, digitalizando mais de 120 mil páginas de processos diversos. Para o mês agosto, a previsão é alcançar mais quatro cidades do interior paulista. O serviço está disponível também na sede da entidade, na rua Álvares Penteado, nº 151/165, Centro, São Paulo – SP, na Unidade Jardim Paulista, na Alameda Santos, 2159 e na Unidade Brasília, Edifício Prime Business Center SBS Qd, 02 Asa Sul, Brasília – DF. A implantação do processo eletrônico começou em 2006 com a inauguração do Sistema de Automação da Justiça (SAJ), no Juizado Especial Cível.








Read Previous

Advogado explica porque mulheres ainda temem denunciar violência doméstica

Read Next

Pela primeira vez na EsPCEx, uma Aluna conduziu o Estandarte Escolar na na Solenidade de Compromisso à Bandeira Nacional

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *