Filme com Rodrigo Santoro é indicado ao Oscar por Cuba

  ‘O Tradutor’, protagonizado por Rodrigo Santoro, é indicado como Melhor Filme Estrangeiro

Temos mais um brasileiro no Oscar. Pela primeira vez na história do país, Cuba indicou ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro um longa protagonizado por um estrangeiro: o ator Rodrigo Santoro. “O Tradutor” Malin, um professor universitário de literatura russa que vê sua vida transformada ao ser designado como intérprete na ala infantil de um hospital cubano. Ele deve ajudar na comunicação entre os médicos e crianças vítimas do acidente nuclear de Chernobil que acabam de chegar a Havana. Relutante a princípio, Malin passará por uma profunda mudança.

“O Tradutor” conta a história real dos pais dos dois diretores, os cubano-canadenses Rodrigo e Sebastián Barriuso – o que só torna o filme ainda mais emocionante. O longa, exibido na última edição do Festival de Sundance, estreou nos cinemas brasileiros em 4 de abril, com distribuição da Galeria Distribuidora.

Sinopse

Malin, um professor universitário de literatura russa vê sua vida transformada ao ser designado como tradutor na ala infantil de um hospital cubano. Ele deve servir de intérprete entre os médicos e vítimas do acidente nuclear de Chernobil que acabam de chegar a Havana. Relutante a princípio, Malin passará por uma profunda mudança.

Curiosidades sobre o filme:

• O Tradutor é baseado na história real de Manuel Barriuso Andino – pai dos diretores Rodrigo e Sebastián Barriuso (o personagem “Malin”);

• Javi e o bebê na barriga de Isona são Sebastián e Rodrigo (respectivamente);

• O Tradutor é a estreia dos irmãos Barriuso na direção de filmes ficcionais. É a primeira vez que eles trabalharam juntos;

• O filme foi todo rodado em locações em Havana, Cuba;

• Todas as obras de arte do filme foram curadas por Magda González-Mora – a mãe dos diretores (personagem “Isona”);

• O ator principal, Rodrigo Santoro, é brasileiro. Sua primeira língua é o português. Para o filme, ele não só precisou falar espanhol com sotaque cubano, mas também aprendeu russo para fazer o papel;

• Todos os principais papéis russos (além de Malin) foram selecionados em Toronto;

• Este é o primeiro roteiro produzido por Lindsay Gossling. O roteiro foi escrito em inglês e depois traduzido em Espanhol e russo;

• Os pais dos diretores, que inspiraram os personagens Malin e Isona, visitaram o set durante a produção;

• O bebê visto na cena do ultrassom é o primeiro filho de Sebastian Barriúso;

• A mulher sentada ao lado de Isona na sala de espera do ultrassom é Mel Fronckowiak, esposa de Rodrigo Santoro, que também estava grávida no momento da produção.

Read Previous

Campanha Remédio Vencido Não Vai Para o Lixo alcança 5 toneladas

Read Next

Setembro Amarelo: Por que uma pessoa comete suicídio?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *