Cadastro e utilização do Bilhete Único Escolar são retomados nesta quarta-feira, 7 de outubro

Medida acompanha a retomada facultativa das aulas nas redes estadual e particular de ensino

O cadastramento, a comercialização e a utilização do Bilhete Único (BU) Escolar no sistema de transporte público coletivo serão restabelecidos a partir desta quarta-feira, 7 de outubro. A medida acompanha a retomada gradativa das aulas presenciais nas redes estadual e particular de ensino. E foi oficializada pela Resolução Nº 118/2020, publicada na edição do dia 2 de outubro do Diário Oficial do Município (DOM). 

O benefício estava temporariamente suspenso desde o dia 25 de março, como forma de minimizar a circulação de pessoas e prevenir o contágio pelo novo coronavírus. O BU Escolar garante desconto de 60% no valor de referência da tarifa (R$ 4,55 – Bilhete Único Comum). Assim, o estudante desembolsa R$ 1,82 pela passagem. 

O cartão BU Escolar é concedido para os estudantes do ensino fundamental e médio e de cursos profissionalizantes, que residem em Campinas e morem a mais de 1 km do estabelecimento de ensino das redes pública e privada do município. Atualmente, são 47 mil cartões ativos nesta modalidade. 

O Bilhete Único proporciona o benefício da integração temporal no sistema de transporte público. Os beneficiários do BU Escolar e Universitário têm as integrações gratuitas no período de duas horas.

Universitário e Idoso

Já o uso do Bilhete Único Idoso e Universitário foi retomado no dia 31 de agosto. O cartão de BU Idoso é destinado para pessoas a partir dos 65 anos, residentes em Campinas. O cartão é opcional, já que a gratuidade no transporte público é garantida para este segmento, mediante apresentação de documento de identidade. Atualmente, são 89,1 mil cartões de BU Idoso ativos.

O BU Universitário proporciona 50% de desconto no valor da tarifa de ônibus. A viagem, com o cartão, custa R$ 2,28. É destinado a alunos de graduação em regime integralmente presencial, residentes em Campinas, regularmente matriculados em instituição de ensino superior do município e que residam a mais de 1 km da universidade. Atualmente, são 24,7 mil cartões ativos.

Read Previous

Acervo com raridades do colecionador de discos Zeca Leal é aberto ao público

Read Next

RMC registra aumento de 5,22% nas vendas em setembro

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *