Campinas tem 88,19% dos leitos de UTI-Covid ocupados

A Secretaria de Saúde divulgou nesta terça, 25, que Campinas está com 88,19% dos leitos de UTI Covid ocupados.

Campinas soma 398 leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 nas redes pública e particular de saúde. Deste total, 351 estão ocupados. Há 47 leitos livres nas redes municipal e privada. Os dados foram apresentados pelo prefeito Dário Saadi, durante transmissão ao vivo na tarde de hoje.

Nesta terça-feira, na cidade, também há nove pacientes à espera por leitos Covid-19 de UTI. “Há 15 dias, nós tínhamos um total de 600 pessoas internadas com Covid em Campinas; hoje são 750, o que acende um sinal de alerta para nossas equipes”, disse Saadi.

Com relação a continuidade da imunização, a cidade dará início ao agendamento, pelo site, para vacinar pessoas com comorbidades e que tenham mais de 45 anos. Os usuários do serviço público com acompanhamento médico estão recebendo comunicado e têm direito à vacina. Na dúvida, a orientação é para essas pessoas procurem um Centro de Saúde Municipal.

As principais doenças consideradas comorbidades são doenças do coração, diabetes, pneumonias crônica, asma, doenças cerebrais, renal crônica, obesidade mórbida, HIV, hipertensão (alguns tipos), anemia falciforme e outras.

As pessoas que se enquadram nesta condição devem apresentar receita, relatório médico ou exame recente, que poderão ser aceitos como comprovante de ser portador da doença. A coordenação de Saúde ressalta que o importante é que essas pessoas sejam vacinadas o mais breve possível. Em Campinas, há aproximadamente 40 mil pessoas com comorbidades, 21 mil já foram vacinadas.

Porém, as vacinas para motoristas do transporte coletivo municipal e intermunicipal ainda seguem sem definição. O pedido de doses feito pela Prefeitura de Campinas, através de ofício, ainda não obteve resposta.

Na manhã desta terça-feira, 24, foram vacinados alguns motoristas, já que a Prefeitura recebeu apenas 30 doses de vacina. Foram vacinados porque tinham agendamento autorizado, com QR Code.

Pacientes em espera de leitos

O secretário Lair Zambom alerta que a população relaxou um pouco, porém há uma estabilidade no número de casos, houve um pequeno aumento, e há 4 pacientes já aguardando leito de UTI, porém recebendo atendimento. Ele reforça que as próximas 4 semanas serão cruciais e alerta para adotar todos os cuidados.

A diretora da Vigilância de Saúde, Andrea Von Zuben, informou que serão feitos testes na região sudoeste da cidade, na próxima semana, através de projeto piloto, com antígeno. O objetivo será saber quem são os contatos próximos (1,5 m) sem máscara e os positivados terão acompanhamento, assim como os contatos próximos.

Surto no Mário Gatti

O presidente da Rede Mário Gatti, Sérgio Bisogni,  explicou que identificaram, no dia 15 de maio, surto no Mário Gatti. Havia 5 profissionais infectados e 6 suspeitos, provavelmente por contaminação multifocal, com foco no próprio hospital e também externo. A direção do hospital está monitorando para saber com mais clareza as origens do surto que, segundo ele, está controlado.

Leitos de UTI para Covid-19

Campinas conta nesta terça-feira, 25/05, com 398 leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 nas redes pública e particular de saúde. Deste total, 351 estão ocupados, o que corresponde a 88,19%. Há 47 leitos livres nas redes municipal e privada. Há 9 pacientes à espera por leitos Covid-19 de UTI e nenhum de enfermaria.

Os leitos estão disponibilizados da seguinte maneira:

SUS Municipal: 151 leitos, dos quais 150 estão ocupados, o que equivale a 99,34%. Há 1 leito livre.

SUS Estadual: 40 leitos, dos quais 40 estão ocupados, o que equivale a 100%. Não há leitos livres.

Particular: 207 leitos, dos quais 161 estão ocupados, o que equivale a 77,78%. Há 46 leitos vagos.

TERÇA-FEIRA – 25/05/2021

TOTAL DE DOSES DE VACINAS APLICADAS CONTRA A COVID-19:
1ª DOSE: 295.203
2ª DOSE: 152.893

CASOS: 100.930 (ERAM 100.460) 470 A MAIS.

ÓBITOS: 3.284 (ERAM 3.259) 25 A MAIS.

DETALHAMENTO DOS ÓBITOS:

GÊNERO

  • 11 HOMENS;
  • 14 MULHERES.

COMORBIDADES

  • 23 TINHAM COMORBIDADES;
  • 2 NÃO TINHAM COMORBIDADES.

FAIXA ETÁRIA

  • 19 TINHAM MAIS DE 60 ANOS;
  • 6 TINHAM MENOS DE 60.

Read Previous

Brasil confirma 449.068 mil mortes por Covid-19

Read Next

Aumentam procura por exames da dengue e vacinas da gripe em laboratórios

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *