Coca-Cola FEMSA Brasil abre vagas em Sumaré

Serão oferecidas cerca de 1500 vagas temporárias para as áreas Comercial, de Manufatura e Distribuição em várias cidades. Há oportunidades para Sumaré 

Por conta das temperaturas elevadas, o Verão vem acompanhado do crescimento na venda de bebidas refrescantes e do movimento nos supermercados. Para a Coca-Cola FEMSA Brasil, isso significa também um aumento expressivo na produção, distribuição e venda de produtos e, consequentemente, na necessidade de contração de mão-de-obra. Por conta disso, a companhia abriu 1516 postos de trabalho temporários em várias cidades onde mantém operações. Há vagas para o Centro de Distribuição (CD) da empresa localizado em Sumaré, na Região Metropolitana de Campinas (RMC). 

As vagas estão distribuídas para São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e as inscrições poderão ser feitas no site Vagas.com, no link  https://trabalheconosco.vagas.com.br/femsa.  

As oportunidades são para profissionais de nível médio completo nos cargos de operador (a) de empilhadeira, motorista, arrumador(a) de palete, operador (a) de ecocargo, ajudante operacional, conferente, promotor (a), técnico (a) de manutenção e técnico (a) de manufatura. A disponibilidade de vagas em cada cidade pode ser conferida no site. 

“Nos meses mais quentes, o consumo de bebidas aumenta, não só por conta do clima, mas também devido a datas festivas como Natal e Ano Novo, sem falar nas férias, quando muitas famílias viajam para o litoral. O Plano Verão se faz necessário para podermos continuar atendendo os consumidores com qualidade e dar conta do crescimento da demanda”, reforça Leopoldo Paniagua, diretor de Recursos Humanos da Coca-Cola FEMSA Brasil. 

As vagas disponíveis preveem contratação para o período até dezembro deste ano. Em alguns casos, o contrato poderá ser estendido até março de 2022. Serão aceitos candidatos nas cidades de Antônio Carlos, Blumenau, Chapecó e Tubarão, em Santa Catarina; Curitiba, no Paraná; Angra dos Reis, no Rio de Janeiro; Ipatinga e Divinópolis, em Minas Gerais; Santo Ângelo, Pelotas e Farroupilha, no Rio de Grande do Sul; Campo Grande, São Gabriel do Oeste e Itaporã, no Mato Grosso do Sul; São José do Rio Preto, Jales, Araçatuba, Caraguatatuba, Barretos, Campos do Jordão, Lençóis Paulistas, Borborema, Marília, Bauru, Regente Feijó, Jundiaí, Mogi das Cruzes e Sumaré, em São Paulo. 

Read Previous

Sesc Campinas lança projeto para orientar o uso das Academias Ao Ar Livre

Read Next

“Campinas Protege” auxiliará menores que perderam pais vítimas da Covid-19

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *