Plataforma de moda autoral do Brasil promove evento virtual na próxima semana- Carandaí25

Movimento lança seu marketplace com 50 marcas de moda autoral e cinco dias de evento online

O movimento Carandaí 25 vai ter seu o primeiro endereço fixo depois de sete anos fazendo eventos itinerantes e montando lojas temporárias. Maior vitrine de moda autoral do país, o coletivo lança no próximo dia 18 de agosto o seu marketplace, que será inaugurado com um evento 100% digital que vai durar cinco dias.

A experiência online vai reproduzir o clima dos eventos que viraram parte do calendário oficial do Rio de Janeiro. A estrutura, desta vez, será montada na Casa Firjan, com apoio da Firjan e do sistema AjoRio.  Araras de roupas, mobiliário, palco para shows que vão acontecer todos os dias no início da noite e personal stylists para ajudar os clientes com as compras. Estará tudo lá, exatamente como nas edições anteriores, para a transmissão em tempo real que vai acontecer nas mídias sociais do coletivo (Instagram @carandai25) e em um link no site da plataforma (www.carandai25.com.br).

Ao todo, 70 novas marcas, sendo 50 de moda autoral, farão parte desse grande encontro produzido para o lançamento da plataforma. Pela primeira vez em um evento, quatro delas foram “adotadas”, através de uma campanha em que pequenos produtores de todo o Brasil puderam se inscrever para estrear no movimento com alguns benefícios.

“Essa crise teve um impacto forte em todos os elos do setor. Por isso, existe a real necessidade de a moda ser mais justa e unida pelo mesmo propósito, que é fomentar os negócios locais, o feito no Brasil. Fico feliz com a oportunidade de reunir tantos empreendedores novos e regionais, que ajudam a manter a economia circular “, diz Tatiana Accioli, a fundadora do movimento.

Os estreantes são as grifes Caju, Horto, Mariana Giusburg e Lote, que vêm de diferentes cantos do país. Mas também estarão presentes integrantes clássicos da família Carandaí 25, como Wymann, Marju, Pinton, Wasabi, Krya, Zsolt, Barbaräh e Angela Brito. Outra boa nova é a chegada da linha home com curadoria do próprio coletivo, que terá dez novas marcas com produtos de decoração, design e papelaria. Espere também pela área verde, um dos grandes sucessos das últimas edições, que terá sua versão virtual com dez marcas de cosméticos veganos. O espírito de fazer junto é o de sempre, apenas a forma de consumir é que agora está alinhada aos novos tempos.

Read Previous

Grupo de teatro de Campinas participa de festival virtual

Read Next

Artigo: Assinatura digital em tempos de pandemia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *